gasolina
Divulgação
Preços da gasolina ficaram em queda em um ano no Brasil, inclusive, depois da pandemia do novo coronavírus

Um levantamento realizado pela empresa de soluções em gestão de frota Vale Card aponta que o preço médio da gasolina no Brasil recuou 11% entre junho de 2019 e o mesmo mês de 2020, passando de R$ 4,651 para R$ 4,414.

LEIA MAIS: Gasolina ou etanol na pandemia? Veja qual é mais vantajoso

De acordo com o levantamento, a pandemia do novo coronavírus foi a principal responsável pelo recuo no litro da gasolina no período. Com a queda na circulação dos veículos , o preço médio despencou a partir de março (R$ 4,598), atingindo em maio (R$ 4,010) o patamar mais baixo. Com exceção do Amapá, que fechou junho com retração de 4,81%, todos os outros estados do país voltaram a registrar um movimento ascendente do preço da gasolina em junho.

Os três estados que apresentaram a queda mais significativa de preços no período foram Amapá (18,4%), Paraná (14,15%) e Goiás (13,81%). Já as menores variações de preço foram notadas nos estados do Amazonas (6,19%), Santa Catarina (6,71%), Piauí (7,20%).

Preços médios nas capitais

gasolina
Vale Card
Preços da gasolina


LEIA MAIS: Gasolina muda no Brasil a partir de agosto, diz Petrobras

Em junho, Curitiba (R$ 3,671), João Pessoa (R$ 3,796) e Vitória (R$ 3,887) foram as capitais que apresentaram os valores médios mais baixos da gasolina . No sentido contrário, os preços mais altos foram registrados em Belém (R$ 4,684), Rio de Janeiro (R$ 4,588) e Rio Branco (R$ 4,449).

    Veja Também

      Mostrar mais