Joe Biden
Reprodução/Twitter
Joe Biden ao volante de seu Corvette Stingray 1967 pintado de Verde Goodwood com o apresentador de TV e colecionador de carros Jay Leno

O democrata Joe Biden é o mais provável novo presidente dos Estados Unidos e já resolveu dar as últimas aceleradas no seu Chevrolet Corvette Stingray 1967 antes da rígida segurança do Serviço Secreto dos EUA impedí-lo, caso seja eleito.

Nenhum chefe da nação estadunidense pode ficar circulando por aí sem um modelo blindado dentro de certos padrões de proteção. Nas redes sociais, Biden aparece de sorriso aberto e entusiasmado ao volante. 

Presente de casamento de seu pai, o Chevrolet Corvette 1967 de Biden tem a clássica combinação dos mais famosos roadsters, que inclui pintura verde com interior marrom. Outro detalhe que chama atenção no vídeo abaixo, do canal no You Tube de Biden, é que no esportivo norte-americano do democrata o  câmbio manual, o que é raro nos EUA e mostra o quanto ele gosta mesmo de guiar.

Depois da fumaça de borracha queimada ter baixado, ainda de dentro do seu Corvette, Biden chegou a dizer que os carros elétricos representam o futuro da indústria automotiva e que a GM trabalha em um Corvette elétrico capaz de superar 200 milhas por hora, o que equivale a 321 km/h. Ele acabou antecipando a novidade antes do previsto em uma declaração em agosto último.

O Corvette elétrico ao qual Biden se referiu terá a submarca " E-Ray ", o que a GM ainda não confirmou oficialmente. Por enquanto, a montadora americana, conhecida por lá como Chevy, não dá pistas do modelo de série. Mas, a startup Genovation tem trabalhado em seu próprio Corvette elétrico. Recentemente , quebrou o recorde de velocidade máxima elétrica ao atingir 340,9 km/h, num veículo que seria uma espécie de bancada de teste.


Claro que assim que o Corvette elétrico for apresentado, Joe Biden deverá ser um dos primeiros a acelerá-lo. Em uma rede social, ele chegou a dizer que está esperando ansiosamente para esperimentar a novidade e que espera que  a indústria automotiva americana volte a ser líder no mercado global com novos modelos eletrificados.

    Veja Também

      Mostrar mais