Em época de pouco dinheiro no bolso,  uma opção para quem busca um carro divertido de dirigir sem gastar muito é buscar os modelos compactos produzidos entre o final dos anos 1990 e o início dos anos 2000. Época em que ainda era possível encontrar no mercado brasileiro características que são raras nos dias atuais, como a carroceria hatch de três portas e a combinação de "carroceria leve" com certo fôlego.

Garimpando pela internet, ainda é possível encontrar alguns  carros usados dessa época com preços bem convidativos, na faixa abaixo de R$ 20 mil. Mas o aumento na procura por esses carros, por fatores como o aquecimento do mercado de usados, a troca do transporte público por um carro "barato" e até o fator nostalgia, certamente terá impacto positivo sobre os preços.

Não custa nada lembrar que, por se tratarem de veículos com vários anos de estrada, vale seguir a cartilha típica de compra de qualquer carro usado e abusar da chatice. Entre outras dicas, que você pode conferir aqui , procure por carros com histórico de manutenção comprovado e peça o laudo cautelar do antes de fechar negócio. Confira abaixo a seleção de cinco modelos feita pela reportagem do iG Carros.

1 - Volkswagen Gol GLI

Volkswagen Gol GLI
Divulgação
Volkswagen Gol GLI com motor 1.8 e três portas é uma versão difícil de encontrar, mas que tem charme e bom desempenho


Sempre quis um Volkswagen Gol "bolinha" mas não está disposto a pagar fortunas por uma unidade das valorizadas versões esportivas TSI e GTI? Uma opção interessante é garimpar um carro na configuração GLi, com três  portas.

Versão intermediária da linha, trazia um motor 1.8, que a partir de 1997 recebia a injeção multiponto para desenvolver interessantes 98 cv. Mais do que suficiente para levar com agilidade os 945 kg do carro. A lista de opcionais do modelo era bem ampla, por esse motivo é possível encontrar carros bem completos, com ar-condicionado, vidros elétricos e rodas de liga leve.

2 - Peugeot 306 Rallye

Peugeot 306
Divulgação
Peugeot 306 Rallye 2000, da última leva antes de ser substituído pelo bem mais arrojado e maior 307, antecessor do 308


Na segunda metade dos anos 1990, o Peugeot 306 era o representante da marca francesa no segmento dos hatches médios, concorrendo no mercado brasileiro pelo mesmo público de modelos famosos na época como o Volkswagen Golf, Ford Escort e Chevrolet Astra.

Atualmente, uma das versões de melhor custo-benefício do 306 é a Rallye, que trazia a combinação de uma carroceria de três portas, com um pacote visual mais esportivo, rodas de liga leve e faróis de neblina. Já o motor é um 1.8 16V de 112 cv. Marca interessante até frente a modelos mais atuais.

3 - Chevrolet Celta Energy 1.4

Ford Fiesta
Divulgação;
Chevrolet Celta Energy 1.4: outra rara versão de se encontrar no mercado, vem com três portas e motor 1.4 de 85 cavalos


A linha do Celta já teve versões com certo apelo esportivo, como a Energy 1.4, que rende 85 cavalos que funciona com câmbio manual de cinco marchas. São números para acelerar de 0 a 100 km/h em 12,3 segundos e atingir 161 km/h, de acordo com dados da fabricante.

Mas apesar de ser uma versão um pouco mais animada que as demais, o acabamento é parecido, bastante simples. No quatro de instrumentos com fundo azulado o contagiros podia ser considerado uma das diferenças, assim como a pintura acetinada no painel, de cor prateada.

4 - Ford Ka XR

Ford Ka XR
Divulgação
Ford Ka XR é outro modelo com apelo esportivo que pode ser encontrado por menos de R$ 20 mil no mercado de carros usados


Se já era interessante no Fiesta Sport, que pesava pouco mais de uma tonelada, o que seria capaz de fazer o motor 1.6 Zetec RoCam de 95 cv em um carro mais leve. Pois essa pergunta foi respondida no Ka XR , versão esportiva do subcompacto lançada em 2001.

Pesando apenas 930 kg, era diversão garantida ao volante. Para deixar o visual do modelo mais interessante, a Ford investiu ainda em itens como rodas de liga leve e saias laterais exclusivas.

5 - Renault Clio Dynamique

Renault Clio Dynamique
Divulgação
Renault Clio Dynamique 1.6 é bem difícil de encontrar, inclusive com essas rodas esportivas da imagem


Antes de se tornar o modelo de entrada da Renault no Brasil, o Clio era um compacto que tinha um apelo mais premium. E contava inclusive com uma versão específica para agradar aos fãs de carros com visual esportivo.

Este era o apelo da versão Dynamique. Lançada na linha Renault Clio em 2004, trazia a carroceria de três portas combinada em sua versão mais potente ao motor 1.6 16V de 110 cv, que permitia o hatch alcançar os 192 km/h de velocidade máxima. No visual, trazia rodas de liga leve de 15" com visual exclusivo, aerofólio traseiro e painel de fundo claro.

    Veja Também

      Mostrar mais