Bentley Blower Continuation Series
Divulgação
Bentley Blower Continuation Series: clássico esportivo com quase um século como se estivesse acabado de sair da linha de montagem


Conhecida pelos seus carro de alto luxo com uma pegada esportiva, a britânica Bentley concluiu recentemente a produção do primeiro protótipo do Blower Continuation Series, modelo que é uma recriação atual do 4½ Litre supercharger (conhecido como Blower Bentley ) produzido pela empresa no final dos anos 1920.


Para agilizar o trabalho de recriação, um 4½-litre supercharged de 1929, parte do acervo histórico da Bentley , foi completamente desmontado e teve todos os seus componentes escaneados a laser, para criar um modelo completo em 3D do esportivo clássico.

Mas as técnicas de fabricação de cada um dos carros da série serão as mesmas empregadas no início do século 20, em um trabalho que inclui inclusive o apoio de restauradores de automóveis. O tanque de combustível dos Blower Continuation Series, por exemplo, é feito artesanalmente em aço e cobre. Já os bancos serão feitos como no passado: cada um deles será estofado com dez quilos de pelo de cavalo.


O motor do Blower Continuation Series é o mesmo 4.4 de quatro cilindros de 130 cv equipado com compressor volumétrico usado no carro original. Pode não parecer muito nos dias atuais. Mas era um número impressionante numa época em que o Ford Modelo A tinha um motor de 40 cv.

O trabalho de recriação do propulsor exigiu modificações na bancada de teste de motores da fábrica de Crewe , que ganhou um novo software de controle para o dinamômetro. Foi necessário a construção de uma réplica da porção frontal do chassi do 4½-litre para suportar o motor, além do uso de periféricos retirados de museu, que originalmente foram desenvolvidos para os testes dos motores Rolls-Royce Merlin , usados no aviões de caça Supermarine Spitfire e Hawker Hurricane durante a Segunda Guerra Mundial.

Esse primeiro exemplar é conhecido como "carro zero", já que será empregado em testes de durabilidade. O carro vai rodar 8 mil quilômetros em autódromos, em condições que segundo a Bentley serão equivalentes a rodar 35 mil quilômetros em vias públicas e vão incluir até medições de velocidade máxima.

O objetivo desses testes é simular o uso desses Bentley Continuation Series em provas de carros históricos, como a tradicional Mille Miglia , na Itália. O protótipo será seguido de outros 12 carros de produção. Todos já vendidos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários