Motorhome Estrella Mobil Rigel
Divulgação
Motorhome feito a partir do furgão Mercedes-Benz Sprinter custa a partir de R$ 370 mil, mas há opções por menos da metade disso



Nesses tempos de pandemia do novo coronavírus e de restrições às viagens internacionais, os motorhomes acabaram se tornando uma opção de lazer seguro para as famílias de espírito mais aventureiro e acabaram incentivando o crescimento de um mercado que já vinha em expansão nos últimos anos.

Localizada em Santa Branca, no interior de São Paulo, a fabricante de motorhomes Estrella Mobil foi fundada em 2017, na esteira do crescimento da procura por essas casas sobre rodas, com camas, cozinha, banheiro e até a possibilidade de instalação de chuveiro.

"O perfil de público está mudando nos últimos anos. Diferente do passado, quando era composto praticamente por aposentados que utilizavam esses veículos para frequentar áreas de campings, hoje os compradores são principalmente casais mais jovens, com idade média de 35 anos, que resolvem mudar de vida e fazer uma viagem de longo prazo", destaca Júlio Lemos, um dos fundadores da empresa formada em 2017.

Uma explicação para isso é o custo relativamente baixo de um veículo desse tipo. Embora o Rigel das fotos, que é baseado na van Mercedes-Benz Sprinter , tenha um custo inicial de R$ 370 mil, é possível encomendar um motorhome zero km por iniciais R$ 150 mil, que é o caso de uma casa sobre rodas baseada na van Citroën Jumpy .

Lemos destaca que o mercado para este tipo de veículo no Brasil ainda é pequeno perto de grandes mercados, de cerca de 500 veículos/ano, enquanto em mercados como os Estados Unidos fabricantes chegam a produzir 60 motorhomes por semana. O que explica o processo de produção quase artesanal, com um período de cinco meses para a montagem de cada veículo, e o alto percentual de componentes importados, projetados especificamente para este típo de veículo.

O processo de fabricação começa pela seleção de um dos projetos padronizados de interior e é seguido pelo fornecimento do veículo, que precisa ser do modelo específico para o qual foi projetado o kit de conversão da van ou caminhão em motorhome.

Mas há espaço para a personalização de alguns pontos do projeto. "Recentemente, produzimos um veículo para um cliente que quer viajar até o Canadá e pediu a instalação de um fogão movido a diesel", destacou o fundador da Estrella Mobil.

A Estrella Mobil registrou no ano passado um crescimento de 80% no volume de pedidos, quando foram produzidos 14 motorhomes. A empresa, atualmente com 25 funcionários, espera encerrar 2021 com um percentual de crescimento parecido. Mesmo com a pandemia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários