Motor 1.3 de quatro cilindros é o primeiro da nova família GSE Turbo que estreia na picape Toro da linha 2022
Leo Lara / Divulgação
Motor 1.3 de quatro cilindros é o primeiro da nova família GSE Turbo que estreia na picape Toro da linha 2022


A Stellantis revela mais informações sobre o novo motor GSE T4 . Feito em Betim (MG), o 1.3 turbo faz a sua estreia nos reestilizados Jeep Compass e Fiat Toro. O principal destaque são os números de potência e torque: 185 cv e 27,5 kgfm a 1.750 rpm, que colocam o novo propulsor como o flex mais potente de produção nacional.


O GSE T4 é da mesma família do 1.3 GSE aspirado, lançado em 2016 no Brasil e atualmente empregado nos modelos Cronos, Argo e Strada. Com bloco e cabeçote de alumínio, substitui o 2.0 Tigershark flex aspirado de 166 cv, que era importado do México. Embora exista no exterior uma variação de 150 cv do T4, no mercado brasileiro só haverá espaço inicialmente para uma configuração única.

Você viu?

Apesar do parentesco entre o GSE aspirado e o T4, que inclui o compartilhamento da cilindrada de 1.332 cm³, a semelhança entre os dois propulsores termina aí. Além da sobrealimentação e de trazer um cabeçote de 16V no lugar do 8V, o novo motor turbo usa componentes exclusivos, comando de válvulas variável Multiair III e o sistema de injeção direta de combustível, além de turbo com arrefecimento do tipo ar-água.

Novo motor 1.3 turbo substitui o 2.0 aspirado, que era importado do México, no Jeep Compass reestilizado
Divulgação
Novo motor 1.3 turbo substitui o 2.0 aspirado, que era importado do México, no Jeep Compass reestilizado


De acordo com o Chief Engineer - Flex Fuel Engines da Stellantis, Vittorio Doria, na comparação com o GSE T4 a gasolina já usado no exterior, o propulsor para o Brasil enfrentou uma bateria de testes de adequação para os combustíveis brasileiros.

Isso resultou em modificações como o uso de velas e bicos injetores de nova especificação, a inclusão de um sensor de combustível e ao uso de novos materiais em componentes internos para resistir ao ataque químico do etanol.

Inicialmente, o propulsor será combinado apenas ao câmbio automático de seis marchas, já empregado nas versões flex pré-reestilização da picape Fiat Toro e do SUV médio Jeep Compass .

Motor modular

Motores 1.3 GSE Turbo vão equipar alguns modelos da Stellantis, entre os quais Jeep Compass e Fiat Toro
LEO LARA/DIVULGAÇÃO
Motores 1.3 GSE Turbo vão equipar alguns modelos da Stellantis, entre os quais Jeep Compass e Fiat Toro


A Fiat confirmou somente as especificações técnicas do 1.3 turbo flex de quatro cilindros. Mas já está confirmada também a produção do GSE T3, uma variação 1.0 do mesmo propulsor. Também programado para ser feito na fábrica de Betim, o propulsor compartilha os componentes principais com o GSE T4 , sendo basicamente o bloco de quatro cilindros, com um cilindro a menos de cilindrada.

A expectativa é que esse motor GSE turbo faça a sua estreia no Progetto Fiat 363, o SUV do Argo que estreia em breve, além dos compactos Argo e Cronos. Fora do Brasil, esse mesmo propulsor em sua versão a gasolina é utilizado também no Jeep Renegade e desenvolve 120 cv, o que abre espaço para o seu uso também no SUV compacto feito em Goiana (PE).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários