Conforme a Ferrari, o novo BR20 é capaz de acelerar de 0 a 100 m/h em apenas 3,5 segundos e de atingir 335 km/h de máxima
Divulgação
Conforme a Ferrari, o novo BR20 é capaz de acelerar de 0 a 100 m/h em apenas 3,5 segundos e de atingir 335 km/h de máxima

A Ferrari apresenta o novo superesportivo BR20, um modelo que tem como base o GTC4Lusso. O nome é uma referência aos modelos clássicos da marca italiana dos anos 1950 e 1960.


O novo supercarro da Ferrari está equipado com motor V12 aspirado com 6,3 litros de cilindrada  e 690 cv, potência disponível a partir das 8.000 rpm. Ainda fazem parte do conjunto mecânico  o câmbio de dupla embreagem, de sete marchas, além do sistema de tração nas quatro rodas.  Conforme a fabricante, o BR20 pode acelerar de 0 a 100 km/h em 3.4 segundos e atingir 335 km/h.

Apesar de se basear no GTC4Lusso , o BR20 não conta com assentos traseiros e é 7,6 cm mais longo. Além dessas diferenças principais, a grade é nova, bem como o conjunto óptico (mais baixos em comparação com os do GTC4Lusso) com luzes DRLs mais estreitas e rodas de aro 20 exclusivas . Entre outros destaques também há adereços de fibra de carbono e cromados e para-choques proeminentes.

Quanto ao interior do cupê V12, o couro conta com duas tonalidades de marrom Heritage Testa di Moro com costuras em cruz prateadas e emprega a fibra de carbono que garante leveza e resistência ao conjunto. No lugar dos assentos traseiros originais do GTC4Lusso , a Ferrari instalou um compartimento para a bagagem confeccionada em madeira de carvalho.

A empresa não revelou preço do novo modelo, mas a julgar pelo GTC4Lusso que era vendido na Europa por 300.000 euros, ou R$ 1.8 milhão naquele mercado, pode-se esperar uma cifra bem acima aoa equivalente a R$ 2 milhões para o especial cliente europeu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários