Em novembro, o preço médio da gasolina já estava custando 21% a mais, o que representa um valor de R$ 6,914
Divulgação
Em novembro, o preço médio da gasolina já estava custando 21% a mais, o que representa um valor de R$ 6,914

Nas primeiras semanas de novembro, o preço médio da gasolina já estava custando 21% a mais, o que representa um valor de R$ 6,914 para o bolso do brasileiro, de acordo com um balanço da empresa Ticket Log.


Ainda segundo a entidade, esta é a sétima alta consecutiva se comparada ao mês de abril, quando o último combustível saia por R$ 5,699 . Como esperado, outro vilão do orçamento familiar do brasileiro foi o etanol que também teve a sétima alta seguida em comparação com o mesmo período: R$ 5,795 , aumento de 27%.

Na análise por Estado, o Rio de Janeiro apresentou a gasolina mais cara do País, com valor médio de R$ 7,322, aumento de 6,81% . O preço médio mais baixo do combustível foi comercializado no Estado de São Paulo , com valor de R$ 6,430, mesmo com alta de 7%.

O etanol apresentou o valor médio por litro mais alto no Rio Grande do Sul , a R$ 6,886 , e o mais barato foi comercializado na Paraíba, a R$ 5,138 . Em São Paulo, os postos registraram o avanço mais significativo do País, de 12,75%, passando de R$ 4,684 para R$ 5,281 .

Por outro lado, na Paraíba o valor médio recuou 0,04%, com o litro a R$ 5,138 ante os R$ 5,140 do fechamento de outubro. No Sergipe também houve queda no preço (0,02%), com o valor de R$ 5,815 baixando para R$ 5,814.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários