Nissan Z: primeira geração do cupê foi apresentada em 1969 e a sétima em 2021 com a mesma pegada esportiva
Divulgação
Nissan Z: primeira geração do cupê foi apresentada em 1969 e a sétima em 2021 com a mesma pegada esportiva

A sétima geração (Z34) do emblemático esportivo da Nissan , o Z, foi revelada em 2021 e com ela trouxe vários detalhes que remetem a todas as gerações desde quando foi apresentado pela primeira vez, em 1969.


São nada menos que 50 anos de vida, nos quais, a Nissan não mediu esforços para preservar a sua identidade. O perfil lateral, por exemplo, remete as clássicas linhas da sua primeira geração. A parte traseira mais baixa do que a dianteira e o capô longo complementando pela linha inclinada do teto, completam o visual icônico.

Já a os elementos dianteiros e traseiros, a altura das janelas e o painel das portas também lembram bastante os primeiros esportivos da empresa japonesa e estão em sintonia com o DNA da Nissan.

Uma olhada mais de perto na seção inferior do vidro traseiro do Z revelará uma mensagem oculta gravada: "Desde 1969". Não deixa dúvidas da herança do carro. O primeiro Z foi lançado no mesmo ano.

Leia Também

Leia Também

Por dentro, os três medidores colocados na parte superior central do painel foram uma marca registrada de muitos dos Z anteriores, servindo como o elemento de design de interior mais visual que liga os 50 anos de herança a este de sétima geração.

De acordo com a marca, essa disposição não é meramente estética, mas sim funcional , pois ajuda a reduzir a fadiga do movimento dos olhos e distrações ao dirigir, ainda mais por se tratar de um veículo baixo de propostas esportivas.

A nova cor da pintura externa, chamada Ikazuchi Yellow , segundo a Nissan , é uma homenagem aos modelos anteriores. A tinta amarela original foi escolhida por Yutaka Katayama (Sr. K.) para contrastar com o céu azul.

Falecido em 2015 com 105, anos, Katayama comandou as operações da Nissan nos Estados Unidos na década de 1970 e é amplamente conhecido como o pai do Datsun Z. A cereja do bolo vem do logotipo na coluna traseira, uma referência ao emblema da primeira geração.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários