Mercedes
Guilherme Menezes/iG Carros
Conceito EQA, que adianta o futuro da estratégia da Mercedes com a família EQ como modelo de entrada entre os elétricos

O ano de 2021 vai ser marcado pela chegada de vários veículos elétricos em diversos segmentos de mercado. No elenco dos lançamentos, a Mercedes-Benz trará os modelos EQA e EQS, respectivamente para as áreas de entrada e de luxo dos elétricos de grife. A marca da estrela de três pontas diz que serão “elétricos de pureza sensual por inaugurar uma nova era do design”.

LEIA MAIS: BMW aposta no futuro com os carros elétricos IX3, I4, iNEXT e M5

O Mercedes EQA é um crossover de porte compacto para competir principalmente com o Audi Q4 e-Tron. A informação sobre o trem de força é que terá uma bateria de 60 kWh para uma autonomia de 400 km com uma carga completa. Os motores são duplos com 268 cv no total e terão tração nas quatro rodas. Ele faz de 0 a 100 km/h em cerca de 5 segundos.

O carregamento rápido no modo DC (corrente alternada) permite adicionar 100 km de alcance em 10 minutos de carga. Pode ser por indução ou por tomada de parede. Em alguns países, o uso em vias públicas terá um serviço exclusivo Mercedes-Benz em diferentes estações de carregamento.

O EQA chegará ao mercado no próximo ano e a montadora diz que será um modelo para brigar na faixa inicial do mercado de elétricos refinados. Por isso, espera-se que seu preço seja completivo com concorrentes diretos que custam entre de US$ 45.000 a US$ 50.000.

Mercedes
Newspress
O Mercedes-Benz EQS será uma opção ecológica no segmento de sedãs grandes de alto luxo


Para o segmento de sedã de luxo terá o Mercedes-Benz EQS com objetivo de ser uma opção mais ecológica aos grandiosos similares à gasolina. A montadora alemã já revelou as formas do modelo e a versão definitiva de produção deve ser apresentada no segundo semestre no período pós-pandemia.

A Mercedes-Benz diz que o EQS estará equipado com um sistema de transmissão de motor duplo que vão produzir 350 cv de potência e deve permitir uma aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 4,5 segundos. Não há ainda informação sobre a capacidade da bateria, mas a montadora trabalha para oferecer uma autonomia de impressionantes 700 km com uma única carga.

LEIA MAIS: Volvo anuncia novo XC40 Recharge elétrico contra a crise do setor

A montadora também deve garantir para este modelo uma capacidade de carregamento rápido de 350 kW. Assim, será possível recarregar a bateria em 80% em menos de 20 minutos. Realmente, um supercarro elétrico de luxo com padrão da Mercedes-Benz

Tanto o EQA quanto o EQS chamam a atenção por design futurístico, embora deva ser mais atenuado na versão final. Entre outros itens, o modelo, em vez de uma grade dianteira do radiador convencional, apresenta um painel preto com LED integrado com o famosa logomarca da empresa.

Mercedes elétrico no Brasil

Mercedes
Divulgação
O EQC é o atual modelo elétrico médio da Mercedes-Benz — já oferecido no site da empresa Brasil com chegada agora em julho


Atualmente, a Mercedes-Benz já produz o EQC, primeiro SUV elétrico da marca. Equivalente em dimensões ao SUV médio Mercedes-Benz GLC , o EQC 400 já está sendo oferecido no Brasil por cerca de R$ 480.000 e as primeiras unidades devem ser entregues em julho.

Ele é equipado com dois motores elétricos – um em cada eixo – capazes de entregar 408 cv de potência combinada e 78 kgfm de torque. Tem autonomia de 450 km com uma carga. Sua identidade visual adianta em parte como será a nova linha elétrica da Mercedes, com grade em formato diferente e faróis mais afilados, com destaque para os contornos de LED próximos à entrada de ar.

LEIA MAIS: Veja as versões híbridas do Renault Clio, Captur e Megane com tecnologia E-Tech

A Mercedes promete ter mais de 130 versões e modelos híbridos e elétricos até 2022. Com essas boas opções em vários segmentos, sem dúvida, a marca abre caminho para a grande mudança cultural da eletrificação também no mercado de veículos sofisticados.

    Veja Também

      Mostrar mais