Tamanho do texto

Novo utilitário chinês ocupa o patamar entre hatches aventureiros e SUVs compactos de entrada. Confira o vídeo!

Agora sem as imposições do Programa Inovar Auto, que sobretaxava os carros importados, o mercado brasileiro se abre para novos modelos. E diante deste quadro, a marca chinesa resolveu antecipar a chegada do JAC T40, seu maior sucesso de vendas, na versão automática, com câmbio CVT.

LEIA MAIS: Do Brasil aos Estados Unidos de Volvo XC40. Veja o vídeo

Além do um design bonito, interior aprimorado e com uma série de equipamentos e tecnologia, o JAC T40 CVT se mostrou um SUV compacto bastante interessante na avaliação que fizemos, além de um preço bastante competitivo, a partir de R$ 69.990.

LEIA MAIS: Mustang no Brasil. Veja tudo sobre o novo pony car da Ford

A JAC está apostando todas as suas fichas no segmento de SUV, o que mais cresce no Brasil e em breve estará lançando dois outros novos modelos no Brasil e também deverá anunciar o início da montagem do T40 no país.

Modelo com câmbio automático complementa a linha de um SUV que, apenas na versão manual, representa 70% das vendas da marca. E com a família completa (Manual e CVT), T40 reforça sua posição à condição de importado mais vendido do Brasil em 2018, além de dar a arrancada para a JAC Motors fechar 2018 com o dobro de vendas em relação ao ano anterior: rumo a 8 mil unidades

As mudanças não aparecem apenas na transmissão. O T40 CVT vem com o inédito motor 1.6 16V DVVT, com 138 cv de potência e 17,1 kgfm de torque máximo e o  quadro de instrumentos também é totalmente novo.

Equipado com todos os itens tradicionais dos modelos da marca, além de cruise control, ESP, HSA (assistente de partida em rampas), dentre outros, o JAC T40 será a nova referência de custo/benefício para os SUV´s de entrada

Além de todo o pacote de equipamentos de série da versão manual, o JAC T40 CVT traz os seguintes itens adicionais: Ar-condicionado com regulagem automática de temperatura; Bancos revestidos em couro; Sensor de estacionamento dianteiro e traseiro (apenas traseiro no MT); Computador de bordo com função de auto-diagnose; Sistema start/stop; Motor 1.6 16V DVVT; Novo quadro de instrumentos;

A receita para o sucesso

JAC T40 CVT:  SUV chinês evolui com novo motor 1.6 e câmbio automático do tipo CVT entre as novidades
Caue Lira/iG
JAC T40 CVT: SUV chinês evolui com novo motor 1.6 e câmbio automático do tipo CVT entre as novidades

Dotado de uma relação custo/benefício atraente (ele é o único SUV com câmbio automático abaixo de R$ 70 mil), o JAC T40 CVT possui mudanças mecânicas e estéticas, conforme se confere nos itens específicos dessa versão, que devem incrementar ainda mais sua performance no segmento de SUV´s.

Além da transmissão, que garante conforto maior ao dirigir, e o novo motor 1.6 16V DVVT (dual variable valve timing, ou dupla variação de fase nos comandos de válvulas), o T40 CVT mantém características já presentes na versão com câmbio manual. As dimensões permanecem as mesmas. Com 1,57 metro de altura e 1,75 metro de largura, a carroceria do T40 garante grande espaço interno no habitáculo, acomodando efetivamente três passageiros no banco traseiro, que tem espaço para ombros e cabeças. No porta-malas, outra vantagem da carroceria anabolizada: ele comporta até 450 litros.

LEIA MAIS: Chery Tiggo 2 é bom, bonito e barato. Veja o vídeo

Com grafismo inédito, o quadro de instrumentos permite melhor leitura que a versão anterior, onde velocímetro e conta-giros possuem melhor visualização, tendo nas extremidades marcador do nível de tanque de combustível e termômetro de água do motor. Ao centro, o JAC T40 exibe um novíssimo computador de bordo, com várias funções de checagem de funcionamento do carro e dados de cruzeiro, como consumo instantâneo, médio, autonomia etc. E os bancos com couro ecológico são de série.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.