Tamanho do texto

Professores da Escola de Restauração explicam como fazer para reativar um clássico que ficou hibernando por um bom tempo na garagem

“Adquiri um Volkswagen TL Personalizado 1972, mais conhecido como TL Sport. Ainda mantém o volante esportivo Walrod, acendedor de cigarros, relógio de “horas”, buzina dupla e retrovisor anti ofuscante, os poucos acessórios internos que o diferenciava do modelo padrão da época. As faixas externas não estão presentes, mas acredito que não terei dificuldade em reproduzi-las. Sei que se trata de um veículo raro pois foram poucas unidades produzidas. Comprei de um senhor que parou de dirigir há mais de 10 anos e carro está parado desde então, não quero correr o risco de causar danos ao veículo. Como devo proceder para reativar? “

LEIA MAIS: Seu carro antigo vai ficar parado? Veja dicas de hibernação

Como já foi dito em matéria publicada anteriormente, o automóvel foi feito para rodar, a imobilidade é prejudicial e pode trazer danos irreparáveis. Para reativar veículos antigos, os cuidados devem ser redobrados.

LEIA MAIS: Folga na direção do Fusca é normal?

É aconselhável não dar a partida no veículo antes tomar algumas providências. Inicialmente uma nova bateria deve ser adquirida, o combustível e os fluidos além dos pneus, borrachas e mangueiras muito provavelmente estão deteriorados. O motor estava funcionando quando o veículo se tornou imóvel? São muitos itens que devem ser observados, tema para algumas horas de estudos e pesquisa, antes de colocarmos o veículo em funcionamento.

No vídeo apresentado oferecemos 3 dicas para reativação de veículos parados por longos períodos. Em breve publicaremos mais informações úteis aos nossos leitores.

Seu carro vai ficar parado?

O automóvel de forma geral foi feito para rodar, a imobilidade é prejudicial e pode trazer danos irreparáveis. Para os veículos antigos que serão mantidos imóveis por longos períodos (viagem ou restauração futura) os cuidados devem ser redobrados.

Se considerarmos o carro antigo como investimento esses cuidados fazem parte da manutenção de um bem, aumento da valorização e redução dos custos de restauração dos danos causados pelo tempo.

LEIA MAIS: Gasolina no carro antigo: como escolher?

Segundo estudo realizado pela equipe de professores do curso “Como Comprar um Carro Antigo” da Escola de Restauração do Clube do Carro Antigo do Brasil, nos últimos 20 anos o veículo antigo teve um índice de valorização bem acima que todos os investimentos: ações, investimentos bancários, dólar, ouro, imóveis etc. Comparando o volume de negócios e a valorização do carro antigo neste período, a curva de crescimento Brasileira acompanha as curvas de crescimento dos EUA e Europa. Confira o vídeo acima e veja como reativar o carro antigo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.