Tamanho do texto

Sedã tem os mesmos 2,65 m de entre-eixos do Jetta. Entretanto, apesar de ser um projeto mais novo, ainda se posiciona abaixo do "irmão"

Partindo para o segundo lançamento da “Nova Volkswagen”, a marca alemã deu o ponta pé inicial na maratona de novidades no Brasil em 2018 com o novo Volkswagen Virtus, mas podem chamar de Polo Sedan.

LEIA MAIS: Virtus tem escala de preços absurda e não condiz com a realidade dos sedãs

O novo modelo da VW traz mudanças em relação ao hatch. Apesar de seguir o mesmo estilo,  o Virtus é maior, com 2,65 m de distância entre-eixos, mesma medida do Jetta. Tudo isso trouxe mais conforto para quem senta atrás e também deu ao carro mais estabilidade, já que com o entre-eixos maior, o Volkswagen Virtus ficou mais confortável que o Polo para dirigir.

No mais, o novo sedan alemão tem a mesma frente e interior. A versão do vídeo é a Highline, com todos os opcionais, exceto pelos bancos em couro (R$ 800). A parte frontal segue com detalhes cromados e DRL integrado ao para-choque, item disponível apenas na versão topo de linha.

LEIA MAIS: Volkswagen lança sedã compacto Virtus a partir de R$ 59.990

Equipamentos

Volkswagen Virtus: Mesma frente e interior do Polo, mas mais confortável de dirigir com maior distância entre os eixos
Divulgação
Volkswagen Virtus: Mesma frente e interior do Polo, mas mais confortável de dirigir com maior distância entre os eixos

Já na parte interna, o grande diferencial do carro é o painel de instrumentos em LCD (Active Info Display). O painel de instrumentos tem acesso às músicas, computador de bordo, além de acesso ao GPS, sendo possível jogar o mapa direto na tela que está atrás do volante. Além disso, o Virtus pode ser equipado com partida no botão, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, entre outros itens.

Como se trata de um sedã, o espaço interno do modelo é digno de elogios. Há bom espaço para as pernas e é possível fazer longas viagens sem se incomodar com o espaço. Outro ponto que a Volkswagen investiu foi no porta-malas. São 520 litros bem distribuídos, que pode ser divido em dois andares. A Volkswagen ainda ressalta que o porta-malas tem exatamente um metro quadrado de espaço.

LEIA MAIS: Fiat mostra sedã Cronos na Argentina antes do lançamento, no mês que vem

Apesar de poucas mudanças, um ponto a VW não explicou muito bem, as diferenças de preços entre uma versão e outra, e principalmente porque o Virtus ficou tão mais caro que um Polo. A versão do vídeo custa R$ 10 mil a mais que o Polo em sua versão completa também, entretanto, a diferença entre um Polo MSI e um Volkswagen Virtus MSI são de apenas R$ 5 mil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.