Tamanho do texto

O Virtus vem bastante equipado: de série com direção elétrica, 4 airbags, ar condicionado, vidros e travas elétricas

O novo Volkswagen Virtus chega ao mercado como substituto do Polo Sedan, que saiu de linha há três anos. Entretanto,  o preço do carro “assustou" algumas pessoas, principalmente nas versões 200 TSI. Porém, a versão 1.6 MSI surge como uma opção mais em conta, com motor 1.6 aspirado e câmbio manual.

LEIA MAIS: Volkswagen Virtus é diferente do Polo, apesar da mesma aparência. Veja vídeo

O novo Volkswagen Virtus 1.6 MSI vem de série com ar condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricas, além de 4 airbags de série, mas, mesmos com todos os opcionais, algumas coisas ainda faltam no modelo.

Toma lá, dá cá

Volkswagen Virtus: Mesma frente e interior do Polo, mas mais confortável de dirigir com maior distância entre os eixos
Renato Maia/Falando de Carros
Volkswagen Virtus: Mesma frente e interior do Polo, mas mais confortável de dirigir com maior distância entre os eixos

Assim como acontece no Polo MSI, o Virtus 1.6 também não vem com ajuste de altura e profundidade do volante e também retrovisores elétricos. Entretanto, pelo fato de ser um sedã, a Volkswagen colocou sensor de estacionamento traseiro, para facilitar as manobras.

LEIA MAIS: Virtus tem escala de preços absurda e não condiz com a realidade dos sedãs

O novo modelo da Volkswagen atende a proposta carro espaçoso, isso porque o entre-eixos do modelo é maior que o do Polo. São 2,65 m, medida curiosamente a mesma do atual Jetta vendido no Brasil. Isso ajuda bastante no espaço entre as pernas e os bancos dianteiros, além de deixar o carro mais estável em curvas.

Seu bom espaço interno e exterior renovado chegam com força para dividir espaço com seus rivais
Renato Maia/Falando de Carros
Seu bom espaço interno e exterior renovado chegam com força para dividir espaço com seus rivais

Outro ponto que a Volkswagen pensou bastante foi no porta-malas. O Virtus conta com 520 litros de espaço bem aproveitados, já que não há buracos, é praticamente um baú, facilitando colocar qualquer tipo de bagagem.

LEIA MAIS: Volkswagen lança sedã compacto Virtus a partir de R$ 59.990

Como sabemos, o Virtus deriva da plataforma MQB-A0, uma variante menor do Golf, com mais de 50% de aço de alta resistência, passando muita segurança e rigidez de carroceria.

No mais, quando equipado com todos os opcionais, o sedã vem equipado com painel de instrumentos com computador de bordo, central multimídia (sem GPS) com Apple CarPlay e Android Auto e também controle de tração e estabilidade, deixando o sedan ainda mais seguro.

O novo Volkswagen Virtus parte de R$ 59.990 na versão 1.6 MSI, chegando aos R$ 79.990 na versão Highline, sem opcionais. Para ter um exemplar com todos os opcionais, o valor pode bater os R$ 85.590. A versão do vídeo custa R$ 64.390, o que já inclui a pintura metálica.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.