Toyota Hilux SR-V Flex: versão intermediária se mostra silenciosa e valente, mas tem preço sugerido de R$ 204.090
Toyota Hilux SR-V Flex
Toyota Hilux SR-V Flex: versão intermediária se mostra silenciosa e valente, mas tem preço sugerido de R$ 204.090

Mesmo não sendo a mais equipada, ou a mais potente, a Toyota Hilux sempre foi a picape média mais vendida do país. Mas por que isso acontece? A receita é simples, reputação da marca, boa construção e excelente capacidade off-road.

Este é o grande destaque da picape da Toyota , que se sai muito bem quando você precisa passar por trechos bem complicados. Porém, a linha 2021 da picape ganhou alguns itens que fizeram os clientes a olharem com outros olhos. Agora a versão mais completa conta com assistente de faixa e assistente de colisão.

Vamos falar da versão SRV , a intermediária da picape, que já vem bem completa. Entre os itens de série, já encontramos, sensor no para-choque traseiro para ajiudar nas manobras de estacionamento, câmera de ré, ar-condicionado digital, bancos de couro com ajuste elétrico, partida por botão, central multimídia com Apple CarPlay e Android Auto, entre outros equipamentos.

A versão SRV está disponível com o ajustado motor 2.8 turbodiesel, que agora rende 204 cavalos e 51 kgfm de torque máximo e outro, 2.7 flex, com apenas 163 cv de potência que mostra uma certa falta de fôlego.

Além disso, o preço da versão flex é próximo dos concorrentes a diesel. Portanto, este é um outro ponto contra da Hilux , modelo é sempre mais caro comparado aos seus principais rivais, em todas as versões.

No vídeo, mostramos todos os detalhes da versão SRV flex para vocês avaliaram se realmente vale a pena ou não pagar quase R$ 200 mil em uma picape flex hoje em dia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários