Tamanho do texto

Versão descolada da picape fez a cabeça dos jovens de duas décadas atrás

Antes de falar da Ford Ranger Splash, precisamos contar sobre como o segmento das picapes médias surgiu no Brasil em meados da década de 90. Naquele tempo, vale lembrar, as caminhonetes grandes eram a referência em nosso mercado, com rivalidade especial entre Chevrolet e Ford pela atenção e preferência dos consumidores.

LEIA MAIS: Réplica de Mini feita no Brasil traz motor traseiro e diversão de sobra

Mas tudo mudaria. O título da matéria dessa semana, sem dúvida, pode gerar aumento dos batimentos cardíacos. Isso porque há vinte anos a Ford Ranger Splash era algo fora do comum e cheio de estilo em nossas ruas. Com cores diferentes e as opções de câmbio manual ou automático conquistou uma legião de admiradores.

LEIA MAIS: Conheça a única Kombi T3 que roda no Brasil

Há pouco tempo falei aqui sobre a Chevrolet S10 SS, sua arqui-rival, e que também dividia as atenções e os olhares pela rua. De fato, o modelo agradava tanto pelo estilo, sobre o qual falei bastante no texto, como por alguns detalhes técnicos diferenciados.

A Ranger Splash era uma versão produzida nos Estados Unidos e que chegou ao Brasil somente via importação independente. Além das tonalidades da carroceria, algo ao qual me referi no parágrafo acima, trazia a caçamba step side, com as laterais abauladas, um detalhe único de estilo.

LEIA MAIS: Brasilia Dacon: um toque de exclusividade dos anos 70

Na parte mecânica, porém, não havia diferenças. A Ranger foi vendida por aqui com motorização de 4 cilindros e 2,3 litros, além da V6 com 3 litros. A Splash, apenas a V6. Nesse caso havia também a opção de transmissão automática, o que casava perfeitamente com o estilo norte-americano e trazia um ronco mais encorpado.

Splash!

Ford Ranger Splash foi a picape mais chamativa de sua época, ainda mais em tonalidade amarela
Renato Bellote/iG
Ford Ranger Splash foi a picape mais chamativa de sua época, ainda mais em tonalidade amarela

O exemplar da matéria traz, em minha opinião, a tonalidade mais fantástica do catálogo. O amarelo não só se destaca nas ruas – e durante a gravação não foi diferente – como também esbanja estilo e tem um quê de exclusividade. Imagine isso nos anos 90. Era de cair o queixo.

LEIA MAIS: Aceleramos um raro Chevrolet Corvette Pace Car 1978. Veja o vídeo

Uma das coisas mais legais desse segmento de picapes neo-colecionáveis como a Ford Ranger Splash , é que já existe um grupo de aficionados que mantém as máquinas e realiza encontros para trocar ideias e preservar o estilo. E a valorização tem aumentado nos últimos anos. Nesse caso, com toda razão.    

Arqui-rival

Chevrolet S10 SS: nos anos 90, a picape esportiva da GM sera sonho de consumo dos jovens
Renato Bellote/iG
Chevrolet S10 SS: nos anos 90, a picape esportiva da GM sera sonho de consumo dos jovens

Foram produzidas pequenas quantidades da rara Chevrolet S10 SS na década de 90 e apenas em três cores exclusivas: vermelha, branca e preta. A dirigibilidade da picape é boa, especialmente se levarmos em conta o tamanho mais compacto daquele período. E é difícil encontrar uma inteira. 

Destacamos a suspensão mais baixa da rival da Ford Ranger Splash , bem como os amortecedores Koni, rodas de 15 polegadas e a injeção eletrônica CPI, que fazia o Vortec V6 de 4,3 litros entregar até 195 cv. Tudo isso com uma transmissão automática de 4 velocidades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.