Scania da Viação Cometa vem com motor de 11 litros de cilindrada, que gera 362 cv e nada menos que 165 kgfm de torque
Renato Bellote/iG
Scania da Viação Cometa vem com motor de 11 litros de cilindrada, que gera 362 cv e nada menos que 165 kgfm de torque

Recentemente publiquei aqui na nossa coluna a matéria sobre o Mercedes-Benz 608 D Brucutu , exemplar que foi utilizado pela Polícia Militar de Minas Gerais para o combate de distúrbios civis. Esse segmento de pesados clássicos é realmente fascinante, tanto pela história quanto pela importância na evolução do segmento.

E hoje falaremos de um mito das estradas: o CMA Scania da Viação Cometa . Quem tem mais de 30 anos já viu, ouviu falar ou andou em um deles. Eles eram bonitos, cheios de estilo e extremamente rápidos na rodovia em uma época onde os radares fixos não existiam.

Aliás, vale observar que os Flecha Azul escreveram sua história nesse sentido. Foi um ônibus extremamente seguro e com motoristas bem preparados. Na matéria choveram histórias sobre as velocidades elevadas nas quais eles circulavam pelas estradas , cobrindo longos trechos em um tempo bastante rápido para um veículo rodoviário.

Seu painel de instrumentos merece um paragrafo à parte. Bastante completo traz todas as informações necessárias para o monitoramento do trem de força. Isso permitiria ao motorista saber exatamente como estavam pressão de óleo, dos freios e também o monitoramento geral do sistema.

Leia Também

Leia Também

Um dos segredos do excelente desempenho está no motor K113 com 11 litros, turbo e 362 cv, além dos 165 kgfm de torque. Nesse sentido ele trabalha com câmbio de seis marchas , o que sempre gera sobra de desempenho na estrada. Vale ressaltar também o ronco castanhado desse propulsor tanto em marcha lenta quanto durante as acelerações, verdadeira sinfonia para os ouvidos.

Tive a grande felicidade de viajar nesses ícones do transporte em algumas ocasiões. Me lembro bem de uma delas onde estava sentado em um dos primeiros lugares, poltronas 3 e 4, e a viagem era de São Paulo até Araraquara (SP). Visão privilegiada da estrada, dos detalhes do ônibus e também dos sinais feitos pelo motorista , os quais explicamos na matéria.

O modelo foi desenvolvido pela própria CMA e recebia atenção especial na Scania . Essa sem dúvida nenhuma é uma de suas características mais interessantes.

A exclusividade do estilo, da carroceria do ônibus de aço escovado e também da pintura fez dele um clássico que permanece eternizado através de apaixonados como o professor Humberto Liber, proprietário do exemplar da matéria e que está restaurando outros exemplares.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários