Ford Transit chega do Uruguai para disputar com a Mercedes-Benz Sprinter, Renault Master e companhia
Divulgação
Ford Transit chega do Uruguai para disputar com a Mercedes-Benz Sprinter, Renault Master e companhia

A Transit é a nova aposta da Ford no segmento de veículos comerciais. O modelo será vendido em três versões (17 lugares, 14 lugares e vidrada) e duas cores (branco e prata) em mais de 100 concessionárias sem preço fixo, pois os impostos têm variações entre os estados brasileiros.

Neste primeiro momento, a Ford Transit será vendida apenas na versão envidraçada, sendo que a chegada do ‘furgão’ está marcada para janeiro de 2022. Este deverá ser o primeiro lançamento da Ford para o ano que vem.

Fomos até a pista de provas da Goodyear, em Americana (SP), para ter as primeiras impressões ao volante da nova Ford Transit . A nova geração conta com motor 2.0 EcoBlue turbodiesel, capaz de desenvolver 170 cv de potência e 41,3 kgfm de torque. A unidade atende aos requerimentos de emissão do Proconve P7. O câmbio é manual, de seis marchas, enviando a força ao eixo traseiro.

E de fato, a dirigibilidade da Transit foi um ponto de destaque ainda nos primeiros segundos no banco do motorista. Para começar, é fácil encontrar uma posição confortável graças aos ajustes do volante e do banco. Apesar da altura, sua ergonomia lembra bastante a de um automóvel.

A leveza da direção elétrica também chamou atenção, principalmente em manobras. O bom raio de giro também mostra que, apesar do tamanho, a Transit pode ser facilmente encaixada nas vagas mais apertadas.

O câmbio manual, de seis marchas, também merece elogios pelos engates curtos e a escalonagem. O instrutor da Ford me propôs que fizesse uma retomada na quarta marcha – e a Transit me surpreendeu ao entregar boa parte do torque de 41,3 kgfm.

Segurança e equipamentos

O interior da Ford Transit. Destaque para a central multimídia com sistema Sync 3
Divulgação
O interior da Ford Transit. Destaque para a central multimídia com sistema Sync 3

Para auxiliar a dirigibilidade, o pacote de equipamentos ainda integra piloto automático adaptativo, assistente de permanência em faixa, controle eletrônico anticapotamento, assistente de frenagem autônoma e controle de estabilidade e tração.

Leia Também

O pacote de equipamentos da Ford Transit é generoso. Ela conta com estribo com acionamento elétrico, cluster parcialmente digital com tela de 4 polegadas, central multimídia de 8 polegadas com conectividade Apple CarPlay e Android Auto e cinto de três pontos para todos os ocupantes.

Apesar da Transit ser um modelo de várias nacionalidades  – montada no Uruguai com peças importadas da Turquia e Argentina  – a Ford diz que há ‘mão pesada’ do time de engenharia do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Camaçari (BA). Ainda que a fábrica na região tenha sido fechada no início do ano, o polo tecnológico foi mantido para a ‘regionalização’ de modelos importados.

O toque brasileiro no desenvolvimento da Transit ficou bem claro no acerto da suspensão, que filtra bem as irregularidades do solo e não transmite buracos e texturas do asfalto às mãos do motorista. 

O modelo está totalmente integrado ao aplicativ o FordPass , onde o proprietário pode agendar revisões, acompanhar serviços e até mesmo ser notificado se algum componente crítico da van precisar de reparo urgente. A Ford espera que estes recursos, aliados aos vários itens de segurança , proporcionem valores de seguro mais em conta para a Transit na linha 2022.

A Ford aposta na versatilidade para garantir bom volume de vendas à Transit. Dessa forma, a marca atuará como facilitadora caso o proprietário queira adaptar o veículo para transporte escolar, executivo, turístico ou para pessoas com mobilidade reduzida.

A Transit chega às lojas com 1 ano de garantia ou 100 mil km (o que acontecer antes), revisões de preço fixo a cada 20 mil km e assistência 24 horas para situações de imobilização. Apesar do desenvolvimento de uma versão 100% elétrica na Europa, a Ford não tem planos de importá-la ao Brasil. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários