Honda Concept D
Divulgação
Concept D é o protótipo que vai servir de base para a o novo Honda HR-V, na primeira metade do ano que vem

A Honda não vai ficar de fora da briga dos SUVs compactos em jeito de cupê. De acordo com o site Auto Car , o carro será mostrado em maio de 2021, com aspecto mais arrojado, atualizando o estilo de certa forma ousado da primeira geração, lançada há seis anos, com a maçaneta da porta traseira na coluna, o que dá a entender que o carro tem apenas três portas. Será uma resposta ao VW Nivus, que acaba de chegar ao Brasil.

LEIA MAIS: VW Nivus chega mais em conta e equipado que o T-Cross; confira

Pelo visto, as mudanças no HR-V não serão poucas, tanto por fora quanto por dentro e na parte mecânica. Além do novo desenho, o SUV da Honda ficará maior, em torno de 4,4 metros de comprimento (+ 8 cm) por 1.79 metros de largura (+ 2cm) e 1.59 m de altura (+ 1 cm), ainda de acordo com a publicação inglesa. Porém, o entre-eixos continuará sendo o mesmo, 2,61 m.

Pelo menos em alguns mercados, entre as versões do novo Honda HR-V que vão estar disponíveis haverá uma híbrida, com dois motores elétricos. O primeiro para vencer a inércia e chegar até 80 km/h, quando passará a funcionar o novo motor 1.5 litro, a combustão. Além disso, o carro vai contar também com o novo 1.0 turbo, de três cilindros, que também vai equipar as novas gerações de Fit e City .

Honda Concept
Divulgação
Honda Concept D tem jeito de cupê, o que será aplicado ao novo HR-V, que vai ser rival direto do VW Nivus

LEIA MAIS: Projeção antecipa como deverá ficar o novo Hyundai Creta nacional

Não será à toa que o novo Honda HR-V vai ficar um pouco maior, já que está previsto o lançamento de um SUV abaixo dele, como substituto do WR-V. E as novidades no terreno dos utilitários esportivos vão continuar com ais lançamentos, inclusive com o Toyota Corolla Cross , que será fabricado em Indaiatuba (SP), assim como o sedã, a partir de meados do ano que vem. A Hyundai também terá o novo Creta e o segmento que já é o mais vendido hoje em dia seguirá em alta nos próximos anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários