Tamanho do texto

Versão com itens exclusivos do utilitário se destaca pelos equipamentos de série, mas cobra bem por isso, já que parte de R$ 68.490

VW Saveiro Pepper: versão especial tem uma pitada discreta de esportividade, mas se destaca pela robustez do conjunto
Divulgação
VW Saveiro Pepper: versão especial tem uma pitada discreta de esportividade, mas se destaca pela robustez do conjunto

Quem procura por uma picape leve bem equipada de fábrica tem na VW Saveiro Pepper uma alternativa.  A Volkswagen oferece a versão com cabine estendida  ou dupla, ambas com uma série de itens exclusivos, mas o motor é o já antiquado 1.6, de 8 válvulas e o preço um tanto salgado (a partir de R$ 68.490). Trata-se de carro para quem curte e precisa de um utilitário com jeito descolado, sem abrir mão de certo conforto. Vamos ao que achamos da novidade depois de rodar tanto na cidade quanto na estrada.

LEIA MAIS: Ainda falta um pouco de pimenta à Volkswagen Saveiro Pepper. Assista ao vídeo

A cara da VW Saveiro ficou mais de acordo com a sua proposta depois que recebeu mudanças como os faróis maiores que os que equipam a maioria das versões de Gol e Voyage, modelos dos quais a picape é derivada. Isso ajuda a transmitir uma ideia de robustez que condiz  com o conjunto resistente, mas longe de contar com o que há de mais avançado, sinal de que a ideia da versão Pepper foi atender a um público fiel e bem específico.


O motor 1.6 é o mesmo que já equipou a quarta geração do Golf, o EA111. É conhecido por ser robusto e funcionamento suave, mas falta tempero para chegar ter um desempenho apimentado como sugere a versão Pepper. São meros 104 cv e razoáveis 15,6 kgfm de torque a 2.500 rpm. No dia a dia, não é raro ter que espremer o acelerador para conseguir extrair alguma agilidade da picape, principalmente nas retomadas. Ao acelerar, deixando o ponteiro do contagiros ganhar altitude, ou trocando de marcha dá para lembrar das gerações anteriores da picape. 

LEIA MAIS: Volkswagen Saveiro 2018 estreia versão Robust Cabine Dupla

Detalhe no para-lama dianteiro inclui uma pimenta estilizada entre os enfeites exclusivos
Carlos Guimarães/iG
Detalhe no para-lama dianteiro inclui uma pimenta estilizada entre os enfeites exclusivos

O bom é que a robustez do conjunto é completa e inclui a suspensão bem calibrada e que absorve bem as irregularidades do piso. A direção ainda tem assistência hidráulica, mas está bem acertada, bem como as relações de marcha do câmbio manual de cinco marchas. Mas é preciso ter certa cautela nas curvas, principalmente com a caçamba vazia, para evitar derrapagens indesejáveis. Pelos retrovisores com carcaças pintadas de vermelho consegue-se um ângulo de visão adequado. Porém, o mesmo não acontece pela estreita janela traseira, que é corrediça. 

O que quebra um pouco esse clima nostálgico é o interior com volante multifuncional, revestido de couro, com base achatada e por causa da central multimídia “Media Plus”, que vem com entradas USB, auxiliar e para cartão SD, além de Bluetooth e exibir gráficos que mostram a distância do carro para obstáculos próximos detectados pelos sensores nos para-choques. No caso da unidade avaliada, o multimídia era o mais moderno da linha, o “Discovery Media”, com GPS embutido, espelhamento com celulares Android e iOS, entre outros recursos, como câmera de ré, mas isso faz o preço subir para R$ 71.180, já que  é um opcional de R$ 2.690.

Pitadas de pimenta leve

Interior caprichado inclui volante multifuncional revestido de couro e filetes vermelhos por todos os lados
Divulgação
Interior caprichado inclui volante multifuncional revestido de couro e filetes vermelhos por todos os lados

 Os detalhes da versão Pepper incluem itens como os adesivos nas laterais das portas com uma pimenta estilizada em cada para-lama dianteiro. Além disso, pode-se optar pela pintura preta brilhante da capota, opcional de R$ 1.400. A capota maritima e a proteção emborrachada da caçamba fazem parte dos itens de série, bem como sensores nos para-choques para ajudar nas manobras, freios a disco nas quatro rodas, molduras nas caixas de roda e os pneus 205/50R 15. 

LEIA MAIS: Volkswagen estende linha esportivada Pepper a Up! e Saveiro

Para completar o pacote de enfeites e equipamentos da versão especial da VW Saveiro, a porta basculante da caçamba também vem com a inscrição Pepper com letras vermelhas com fundo preto e um filete avermelhado na grade frontal. Além disso, os para-choques dianteiros contam com faróis auxiliares de neblina e há barras metálicas na capota. 

Ficha técnica - Volkswagen Saveiro Pepper 1.6

 Preço:  a partir de R$ 68.490

Motor: 1.6, quatro cilindros,  flex

Potência: 104 cv a 5.250 rpm

Torque: 15,6 kgfm a  2.500 rpm

Transmissão:  Manual, 5 marchas, tração dianteira

Suspensão:Independente (dianteira) e eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Pneus: 205/60R 15

Dimensões: 4,47 m (comprimento) / 1,71 m (largura) / 1,56 m (altura), 2,75 m (entre-eixos)

Tanque : 55 litros

0 a 100 km/h: 10,7 segundos 

Vel. Max: 174 km/h

Caçamba: 734 litros

Consumo (E/G): 7,5 km/l / 10,9 km/l (cidade) e 8,8 km/l / 12,8 km/l (estrada) 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.