Tamanho do texto

Versão mais em conta do SUV da marca sueca mostra conjunto bem acertado, bom desempenho e preço competitivo

Volvo XC40 T4: rodas de aro 18, sem faróis de neblina e pintura de dois tons para o carro ficar um pouco mais em conta
Carlos Guimarães/iG
Volvo XC40 T4: rodas de aro 18, sem faróis de neblina e pintura de dois tons para o carro ficar um pouco mais em conta

A esperada versão mais em conta Volvo XC40 T4  agrada no dia a dia sem alguns itens que foram tirados das outras duas (Momentum e T5). Com tração dianteira no lugar da integral e pneus de aro 18 em vez de 19 o carro enfrenta bem o asfalto esburacado e roda mais solto, o que ajuda a economizar combustível.  Some-se a isso a menor lista de equipamentos e a potência reduzida do motor. Pronto, temos um SUV na medida certa, que sai por R$ 169.950, o que é interessante dentro do segmento de modelos premium.

LEIA MAIS: Mercedes GLA x Volvo XC40:  SUVs compactos de luxo que não têm medo de lama

O Volvo XC40 T4 começou a ser vendido apenas a partir do mês passado, bem depois da apresentação do carro para a imprensa, em abril, quando a fabricante chegou a dizer que essa versão mais simples iria representar entre 50% e 60% das vendas totais do modelo. É bem possível, já que o pacote oferecido no T4 se mostrou suficiente para andar com conforto, segurança e boa agilidade. O motor 2.0 turbo, rende bons 190 cv e 30,6 kgfm de torque a meros 1.500 rpm (ante 254 cv e 35,7 kgfm do T5) e garante ultrapassagens seguras, sem hesitar.

 Basta encostar o pé no acelerador para o SUV responder com rapidez. Dá para ouvir um discreto sibilar da turbina enquanto o ponteiro do velocímetro vai ganhando altitude. Com oito marchas, o câmbio automático funciona com trocas suaves, procurando manter o giro do motor o mais baixo possível para economizar combustível. A pequena alavanca no console é o único comando disponível, inclusive para trocar as marchas manualmente, uma vez que apenas a versão mais equipada T5 vem com as hastes no volante.

Apesar disso, você só vai sentir falta desses comandos no volante se estiver numa estrada sinuosa e queira controlar as trocas de marcha. E com os borrachudos pneus 225/40R 18 fica mais fácil absorver as imperfeições do piso mal conservado nas nossas vias no Brasil. Portanto, nesses aspectos o T4 atende às expectativas. O que pode ser uma ausência relevante é o GPS embutido no sistema multimídia. Em contrapartida é possível espelhar a tela dos celulares Android e Apple mais modernos e seguir as coordenadas do Google Maps, por exemplo. 

LEIA MAIS: BMW X1 Sdrive 20i: melhor de dois mundos

Ao ligar o sistema de som, vai notar que a acústica não é tão refinada quando a das versões Momentum e T5, mas suficiente para curtir suas músicas preferidas por streaming ou pela entrada USB no painel. Outra diferença dessa versão T4 é o desenho estilizado do mapa de Gotemburgo, cidade onde fica a sede da Volvo, a Suécia. Não deixa de ser um detalhe interessante e que mostra o lado jovial do carro, o primeiro com a nova arquitetura CMA, desenvolvida em conjunto com a chinesa Geely, a atual dona da marca sueca.

Mais detalhes do Volvo XC40 T4

Volvo XC40 T4 vem com o mapa estilizado da cidade de Gotemburgo (Suécia) no lado esquerdo do painel
Divulgação
Volvo XC40 T4 vem com o mapa estilizado da cidade de Gotemburgo (Suécia) no lado esquerdo do painel

A leveza da nova estrutura do XC40 acaba favorecendo o comportamento dinâmico do carro, que consegue garantir boa estabilidade e transmitir segurança. Aliás, apesar do T4 ser a versão mais em conta da linha, a marca manteve vários itens de segrança, como 7 airbags, ancoragem ISOFIX para cadeiras infantis e alertas de mudança indevida de faixa e de fadiga do motorista.

Com tanque de razoáveis 54 litros, de acordo com os números de consumo do Inmetro (9 km/l em trechos urbanos e 11 km/l em rodoviários), o XC40 T4 é capaz de rodar 486 km na cidade e 594 km na estrada com gasolina. São dados animadores, levando em consideração que estamos falando de um SUV que tem 4,42 metros de comprimento por 1,86 m de largura, 1,65 m de altura e que pesa 1.684 kg.

LEIA MAIS: Audi Q3 Attraction 1.4 TFSI: agora nacional, SUV tem o básico do luxo

Bom também é o espaço interno para cinco ocupantes e suas respectivas bagagens. São 460 litros bem utilizáveis, sem cantos que atrapalhem na acomodação das malas. E com fundo falso, para colocar pequenos objetos. Apenas não espere que a tampa tenha abertura e fechamento automático por botão ou controle remoto, recursos indisponíveis nessa versão T4, mais simples, porém na medida certa para quem busca por um SUV confortável, seguro e com bom desempenho.

Conclusão

A lista mais modesta de equipamentos, a tração apenas dianteira e a potência um pouco menor do motor não fizeram tanta falta durante a avaliação do Volvo XC40 T4 . Mas bem que poderiam ter incluído câmera de ré entre os itens de série, algo que pode ser facilmente corrigido pela fabricante, em breve.

Ficha Técnica:
Preço: R$ 169.950 
Motor:  2.0, gasolina, quatro cilindros, 16 válvulas 
Potência: 190 cv a 4.700 rpm  
Torque: 30,6 kgfm a 1.500 rpm  
Transmissão: automático, sequencial, de oito marchas  
Suspensão: independente e multibraço (traseira)
Freios: Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira 
Dimensões: 4,42 m (comprimento) / 1,86 m (largura) / 1,65 m (altura), 2,70 m (entre-eixos) 
Tanque : 54 litros  
Consumo: 9 km/l na cidade / 11 km/l na estrada  
Até 0 a 100 km/h: 7,5 s  
Vel. Max: 220 km/h

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.