Hyundai Creta Ultimate e Nissan Kicks XPlay: compactos, mas especiais

Dupla conta com alguns itens exclusivos, visual caprichado e boa agilidade no dia a dia

Hyundai Creta e Nissan Kicks conseguem se diferenciar entre o mar de SUVs que está nas ruas hoje em dia
Foto: Cauê Lira
Hyundai Creta e Nissan Kicks conseguem se diferenciar entre o mar de SUVs que está nas ruas hoje em dia

Diante de tanto SUV que tem no mercado hoje em dia, que tal escolher um que procura de diferenciar um pouco do rebanho? É o caso da dupla Hyundai Creta Ultimate (R$ 167.890) e Nissan Kicks XPlay (R$ 134.890). O primeiro é versão topo de linha, com motor 2.0 aspirado e o outro a edição limitada em 1.350 unidades.

Se a ideia é não economizar no conforto, o Hyundai Creta Ultimate conta com itens incomuns para o segmento, como revestimento de couro de dois tons, acabamento do painel emborrachado e com textura caprichada que até simulam costuras como se também fosse revestido. Além disso, o assento do motorista tem ventilação e todos são perfurados.

No Kicks XPlay , o que chama atenção é o pacote exclusivo que inclui vários detalhes de acabamento em vermelho nas saídas de ar, na base do volante e nas costuras duplas do painel , do apoio de braço e dos bancos com acabamento sintético em preto e cinza.

Há também itens como carregador sem fio para celular, tela de abertura especial que remonta à edição limitada no multimídia Nissan Connect com tela sensível ao toque de 8 polegadas.

Por dentro do Hyundai, a central multimídia é um maior, com 10,25 polegadas, com melhor resolução, mas não tem funcionamento tão intuitivo e sem pareamento sem fio, embora tenha GPS nativo e três entradas USB, sendo uma para o banco traseiro.

A lista de itens de série do Creta mais equipado é bem recheada e ainda tem teto solar panorâmico, detector de fadiga, alerta de mudança indevida de faixa, piloto automático adaptativo, entre outros.

Apesar de ser um pouco menos sofisticado, o Nissan vem com itens interessantes, como chave presencial inteligente I-Key; botão de partida do motor; painel de instrumentos de sete polegadas em alta definição de imagens; abertura e fechamento das portas e fechamento dos vidros por controle remoto; acendimento inteligente dos faróis ; para-sol com espelhos para motorista e passageiro; porta-malas com iluminação interna e espelho retrovisor eletrocrômico.

Pelo visto, são dois SUVs compactos que fogem do comum. E têm quase o mesmo espaço interno , com 2,61 metros de entre-eixos e 422 litros no porta-malas no Creta e 432 litros no Kicks. O visual de ambos também não é nada convencional, com rodas exclusivas de aro 18 no Hyundai e pintadas de preto, de aro 17 no Nissan, que ainda tem aerofólio na traseira pintura com detalhes especiais.

Acelerando os dois SUVs diferentões

Foto: Divulgação
Nissan Kicks XPlay tem visual que remete à esportividade, mas não tem tanto fôlego quanto o rival com motor 2.0

Com motor 2.0 aspirado, de 167 cv e 20,6 a altos 4.700 rpm, o Creta Ultimate mostra mais fôlego que o Kicks XPlay, com seu já bem conhecido 1.6 de 114 cv e 15,5 kgfm de torque a 4.000 rpm. No Hyundai, o câmbio é automático convencional, com conversor de torque e 6 marchas, o que favorece respostas mais rápidas que o CVT do Nissan , que faz de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos, ante 9,3 s do rival.

Apesar de ser mais leve, o Kicks também perde na relação entre peso e potência, de 10 kg/cv ante 7,8 kg/cv do Creta 2.0. Porém, o Nissan se mostra mais à vontade nas curvas que o Hyundai , que tem um pouco mais de altura (1,63 m ante 1,59m do Kicks) e um ajuste de suspensão mais voltado ao conforto, o que acaba levando a uma maior rolagem da carroceria de um lado para o outro.

Foto: Divulgação
Hyundai Creta Ultimate 2022 tem traseira de visual arrojado demais para os mais conservadores

No Creta, os freios contam com discos nas quatro rodas , o que diminiu a chance de haver fadiga em condições extremas, mas nos dois os sistemas funcionam a contento. A visibilidade dois dois também é boa, inclusive pelos retrovisores, com bons ângulos de visão. Em ambos, faróis e lanternas funcionam com LED no lugar de lâmpadas, até mesmo os auxiliares de neblina, tanto dianteiros quantos traseiros.

Levando em conta os dados do Inmetro, o Kicks é ligeiramente mais econômico, mas a autonomia do Creta é maior por causa do tanque pequeno do Nissan, de apenas 41 litros, ante os 50 litros do concorrente. Na cidade, o Nissan faz 7,6 km/l com etanol e 11,6 km/l gasolina, ante 7,7 km/l e 10,9 km/l do Hyundai , que pode rodar até 620 km na estrada com gasolina, contra 558 km do Nissan.

Conclusão

Ser diferente no mundo dos SUVs compactos fica em torno de R$ 30 mil mais em conta no caso do Nissan Kicks XPlay , mas o carro é uma série limitada e não é tão renquintado quanto o Hyundai Creta Ultimate . No cômputo geral, o modelo da marca japonesa vale mais a pena, já que nos demais quesitos a vantagem do rival não é tão grande. Mas é bom correr, já que restam poucas unidades à venda.

Ficha técnica

Hyundai Creta Ultimate 2.0

Preço: a partir de R$ 167.890

Motor: 2.0, quatro cilindros, flex

Potência: 157 cv (E) / 167 cv (G) a 6.200 rpm

Torque: 20,6 kgfm (E) / 19,2 kgfm (G) a 4.700 rpm

Transmissão: Automático, seis marchas, tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados (dianteiros) / discos sólidos (traseiros)

Pneus: 215/55 R18

Dimensões: 4,30 m (comprimento) / 1,79 m (largura) / 1,64 m (altura), 2,61 m (entre-eixos)

Tanque: 50 litros

Porta-malas: 422 litros

Consumo gasolina: 10,9 km/l (cidade) / 12,4 km/l (estrada), com etanol e 7,7 cidade e 8,7 km/l na estrada

0 a 100 km/h: 9,3 segundos

Velocidade máxima: 190 km/h

Nissan Kicks XPlay

Preço: R$ 134.890

Motor: 1.6, quatro cilindros, flex

Potência:  114 cv  a 5.600 rpm

Torque:  15,5 kgfm a 4.000 rpm

Transmissão:  Automático, CVT, tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / Eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados (dianteiros) / tambores (traseiros)

Pneus:  205/55 R17

Dimensões: 4,31 m (comprimento) / 1,76 m (largura) / 1,59 m (altura), 2,61 m (entre-eixos)

Tanque: 41 litros

Porta-malas: 431 litros 

Consumo etanol: 7,6  km/l (cidade) / 9,3 km/l (estrada)

Consumo gasolina: 11,3 km/l (cidade) / 13,6 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 11,8 segundos 

Velocidade máxima: 175 km/h