Funcionários iniciam treinamento de montagem do Nissan Kicks. Criado no Brasil, SUV compacto será fabricado em Resende (RJ)

A fábrica da Nissan em Resende (RJ) começa a treinar os novos funcionários e testar a linha de produção que fabricará o SUV Kicks.
Divulgação/Nissan
A fábrica da Nissan em Resende (RJ) começa a treinar os novos funcionários e testar a linha de produção que fabricará o SUV Kicks.

A Nissan inicia o processo para a produção do utilitário esportivo compacto Kicks no Brasil na fábrica em Resende (RJ). Divulgaram uma imagem da primeira carroceria montada pelos funcionários do complexo, que estão em fase de treinamento. Segundo a marca, a produção em série está prevista para começar até o fim de 2016, para chegar às lojas no início de 2017 – atualmente, é vendido apenas na versão topo de linha SL por R$ 89.990.

LEIA MAIS: Nissan Kicks: aceleramos SUV rival de Honda HR-V, Jeep Renegade e companhia

O treinamento dos funcionários atrasou pela demora da matriz da Nissan para autorizar a filial brasileira a contratar novos funcionários para a linha de produção. Começaram com o processo de soldagem da carroceria, usando peças importadas do México. Os 15 novos operadores cuidarão dos 57 robôs na linha, garantindo que toda a soldagem seja feita corretamente para não atrapalhar a etapa do acabamento.

Para ser capaz de produzir o SUV em Resende, a Nissan investiu R$ 750 milhões para renovar a fábrica. Receberão mais de 150 novos equipamentos para a linha de produção do Kicks. Durante todo o treinamento, a fabricante irá identificar possíveis problemas e pontos de melhorias que possam ser ajustados antes do início da produção. Dependendo do caso, o processo pode se estender, um dos motivos pelos quais só veremos o Kicks nacional nas lojas no ano que vem.

LEIA MAIS:  Conheça 10 SUVs que serão apresentados no Salão do Automóvel

Peso-pesado nipônico

Nas lojas desde o início de agosto, o Kicks vem deixando a Nissan bem feliz com seu desempenho. O utilitário emplacou 4.942 unidades. Pode não parecer muito quando comparado com as 43.964 unidades do líder Honda HR-V , mas há um bom motivo para o otimismo da marca: o Kicks só está sendo vendido em apenas uma versão e que é justamente a mais cara.

LEIA MAIS:  Os 5 SUVs Flex mais econômicos do Brasil, de acordo com o Inmetro

O Nissan Kicks é equipado com um motor 1.6 de 114 cv e 15,5 kgfm, tanto com etanol quanto com gasolina, combinado ao câmbio Xtronic CVT. A versão topo de linha SL vem com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), assistente de partida em rampa, controle de estabilidade e tração, direção elétrica, ar-condicionado digital, faróis com acendimento automático, central multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas e navegação por GPS e painel de instrumentos com tela TFT de 7 polegadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.