Confira as dicas para levar crianças pequenas com segurança e dentro do que prevê a lei sobre cadeirinhas para carro

Cadeirinha para carro protege as crianças em caso de acidente, mas devem estar bem instaladas
Divulgação
Cadeirinha para carro protege as crianças em caso de acidente, mas devem estar bem instaladas

Desde 2010 a fiscalização quanto ao transporte de crianças em veículos automotores se tornou mais intensa e eficaz, graças à resolução do Contran (Código de Trânsito Brasileiro) que torna obrigatório que crianças menores de 10 anos permaneçam no banco traseiro com cinto de segurança ou em cadeirinha para carro específica.

LEIA MAIS: Os 10 carros menos seguros à venda no Brasil. Confira a lista completa

Conhecida popularmente como “lei da cadeirinha”, a resolução afirma que crianças com menos de 4 anos deverão ser transportadas em cadeirinha para carro específica, segundo idade, peso e altura, e as maiores de 4 anos devem usar assento de elevação. Entenda as regras e a importância da lei para segurança dos pequenos.

 Lei sobre cadeirinha para carro: principais pontos

O uso da cadeirinha para bebê e crianças é obrigatório. A infração é considerada gravíssima e a multa, desde 1º de novembro de 2016, é de R$ 293,47, além de acarretar na retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada.

 A lei especifica um tipo de cadeira para cada idade:

 -   Até 1 ano de idade: bebê conforto. A criança deve ser transportada somente no banco traseiro do carro e o bebê conforto deve estar virado de costas para os bancos da frente. A posição também é obrigatória por lei, pois protege o pescoço da criança em caso de freadas bruscas ou batidas;

 - Entre 1 e 4 anos : cadeirinha para criança. A poltrona deve permanecer virada de costas para o banco da frente e a cadeirinha deve ser presa com cinto;

 - Entre 4 e 7 anos : assento de elevação, também chamado de booster. A transição deve ser feita quando a criança não couber mais na cadeirinha e o booster deve ser usado com cinto de três pontos no carro;

 -   Entre 7 e 10 anos : cinto de segurança do carro.

 Apesar da resolução apontar idades específicas para cada cadeirinha, especialistas apontam que é mais importante ficar atento ao peso e altura da criança antes de fazer a transição. O bebê conforto, por exemplo, é adequado para bebês até 9 quilos (ou 13, dependendo da fabricante). As poltronas ou cadeirinhas servem até 16 quilos, enquanto o booster vale para aqueles que já atingiram 1,45 metro.

LEIA MAIS:  Veja 10 dicas para pegar a estrada com segurança nas férias

 Atenção antes de comprar e instalar a cadeirinha

Na hora de comprar a cadeirinha é bom se atentar a alguns pontos para garantir a segurança da criança e também o melhor custo-benefício na aquisição:

 -  Compre apenas cadeirinhas com selo de certificação do Inmetro e garantia de qualidade e segurança;

 -  Dê preferência aos equipamentos com cinto de cinco pontos, que deixam a criança mais presa e segura, com fivelas ajustáveis, estofamento confortável e tecido lavável.

 - Não economize na escolha do material, pois a cadeirinha vai durar muito tempo e muitas vezes o barato sai caro;

 - Coloque a cadeirinha na lista do enxoval e instale-a antes do nascimento do bebê. A legislação determina que o recém-nascido deva sair da maternidade já na cadeirinha. Transportar o bebê no colo é inseguro, já que em caso de acidente o corpo do adulto acaba esmagando a criança;

LEIA MAIS:  Os 10 carros mais seguros do Brasil. Confira a lista completa

É muito importante que os pais leiam o manual de instruções. A instalação é complicada, pois o equipamento deve estar bem seguro antes de receber o bebê, e é preciso ficar atento aos pontos onde passar o cinto de segurança e se certificar que o equipamento está bastante firme.

 O melhor local para instalar a cadeirinha para carro é no banco traseiro do meio, onde o risco de impacto é menor em caso de acidente, e o cinto deve ficar bem justo na criança. A distância entre o cinto e o corpo deve ser de um dedo; se estiver maior do que isso é preciso ajustar novamente.

A cadeirinha para carro deve ser usada sempre, tanto em trajetos longos quanto curtos. O equipamento deve ser instalado em todo e qualquer veículo que fará o transporte da criança, desde o carro da mãe até o dos avós. A segurança das crianças deve ser prioridade dos adultos.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.