Tamanho do texto

Listamos as melhores escolhas, entre hatches compactos e sedãs médios que tem bom fôlego ao pisar no acelerador

Há quem use o carro só para ir do ponto A ao ponto B. Mas aqueles que realmente curtem a experiência de se estar atrás do volante não ficariam satisfeitos com qualquer coisa. Por sorte, o mercado brasileiro esteve cheio de devoradores de asfalto nos últimos anos, em todas as faixas de preço. Portanto, dá para achar um carro entre os seminovos que realmente vão satisfazer quem curte dirigir.

LEIA MAIS: Toyota Yaris 1.3 CVT: (quase) tudo que o Corolla tem de bom

Partindo disso, a reportagem do iG Carros lista cinco modelos seminovos que foram servidos com um pouco mais de pimenta por suas fabricantes em várias faixas de preço até R$ 80 mil. Comprar um esportivo exige muito cuidado. Fique atento ao estado do conjunto mecânico, pneus, quilometragem e até histórico de modificação.

1 - Suzuki Swift Sport 1.6 2015 - entre R$ 53 mil e R$ 59 mil

Suzuki Swift Sport: o segredo entre os seminovos está no baixo peso e na dirigibilidade
Divulgação
Suzuki Swift Sport: o segredo entre os seminovos está no baixo peso e na dirigibilidade

Quem disse que precisa gastar muito para se divertir? Um Suzuki Swift Sport, com três anos de uso, parte do mesmo preço de um Volkswagen Fox zero quilômetro. E neste caso, estamos falando de um dos carros mais divertidos que foram vendidos no Brasil recentemente. Leve, potente e estável, o Swift Sport ainda traz um dos maiores atrativos para quem curte acelerar: o câmbio manual.

O motor 1.6, aspirado, desenvolve 145 cv de potência e 17 kgfm de torque. Chega a ser surpreendente que um carro com esses números entregue tanta diversão ao volante. O segredo está justamente no câmbio, de seis marchas e no baixo peso. Aliado, o conjunto faz o Swift Sport acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 8,7 segundos. A relação peso-potência é de apenas 7,5 kg/cv, um número bem respeitável para a sua categoria.

LEIA MAIS: Saiba quais são os 5 melhores câmbios automáticos do mercado

Além do desempenho, o Swift se mostra um carro muito versátil para a cidade. Ele tem quatro portas, e conta com o porta-malas de 210 litros, que quebra o galho. O consumo também anima, conforme os números do Inmetro. Faz 11,9 km/l na cidade e 12,6 km/l na cidade, de acordo com o Inmetro. Ou seja, se você curte levar o seu carro para o track day no interior, vai chegar lá com combustível suficiente para pilotar sem maiores preocupações

2 - Fiat Punto T-Jet 1.4 - entre R$ 50 mil e 59 mil

Fiat Punto T-Jet: cuidado com os modelos mais antigos, que trarão dores de cabeça por conta do desgaste
Divulgação
Fiat Punto T-Jet: cuidado com os modelos mais antigos, que trarão dores de cabeça por conta do desgaste

Curte turbinados que sejam fáceis de preparar? Então o Punto T-Jet pode ser uma boa opção. Além do comportamento malvado do motor 1.4, o carro traz detalhes exclusivos que o diferencia das versões convencionais do Punto. Rodas exclusivas, aro 17 e teto solar são alguns deles.

Dá para dizer que estamos tratando de um modelo à moda antiga. O T-Jet não tem injeção direta, nem comando variável. O motor 1.4, turbo, entrega 152 cv de potência e 21,1 kgfm a 2.250 rpm. Os mais atentos perceberão que a entrega completa da potência está em uma faixa de giro muito alta. Combinando isso ao atraso da aceleração, o Punto acaba não sendo tão vigoroso quanto poderia. Mas sempre é possível melhorar os números com preparadores qualificados. Originalmente, o modelo vai de 0 a 100 km/h em 8,3 segundos, conforme a fabricante.

No interior, espere apenas pelo básico. A Fiat inseriu apenas um detalhe em toque macio na parte central do console, e nada mais. Mais uma vez, fique atento ao desgaste dos componentes do motor, e dê preferência por modelos que não tenham sido preparados.

3 - Citroën C4 THP 1.6 manual 2017 - entre R$ 70 mil e R$ 77 mil

Citroën C4 Lounge THP: o modelo ficou quase esquecido em um segmento dominado pelo Jetta TSI
Divulgação
Citroën C4 Lounge THP: o modelo ficou quase esquecido em um segmento dominado pelo Jetta TSI

O segmento de sedãs esportivos é dominado pelo Jetta TSI, e isso ninguém pode negar. O único pênalti do modelo alemão é a transmissão DSG que apesar de empolgar bastante, não oferece aquela interação entre homem e máquina de forma visceral. Chega a ser injusto que um sedã turbinado com câmbio manual, como é o caso do Citroën C4 THP, tenha saído de linha por conta do mix de vendas quase irrelevante.

LEIA MAIS: Mitsubishi ASX 2.0 revela robustez por trás de projeto maduro

Este, talvez, seja um dos modelos mais difíceis de achar em nossa lista. Trata-se de uma versão quase esquecida de um carro que, por si só, vende muito mal. Abastecido com etanol, o motor 1.6, turbinado, pode entregar 173 cv de potência e 24,5 kgfm de torque. Com câmbio manual, o carro leva apenas 8,6 segundos para atingir 100 km/h, conforme a fabricante.

Recomendamos a compra para quem realmente curte acelerar. Além do bom desempenho, temos o porta-malas de 450 litros e espaço suficiente para levar quatro adultos e uma criança com conforto. Enfim, boa sorte para encontrá-lo.

4 - Peugeot 208 GT 2016/17 - entre R$ 62 mil e R$ 67 mil

Peugeot 208 GT: desempenho de esportivo acima de R$ 100 mil em um seminovo na casa dos R$ 65 mil
Divulgação
Peugeot 208 GT: desempenho de esportivo acima de R$ 100 mil em um seminovo na casa dos R$ 65 mil

Eis um dos carros mais estilosos de nossa lista. O Peugeot 208 GT tem o design diferenciado das rodas aro 17, suspensão rebaixada, detalhes exclusivos e até teto solar panorâmico. Pequeno e ágil, ainda se beneficia do bom câmbio manual, de seis marchas. Se você está procurando um hot hatch bom de guiar, e ainda com a possibilidade de colocá-lo na pista para track-day, considere o pequeno francês.

Na prática, é o mesmo conjunto mecânico do Citroën C4 que mencionamos acima. Se ele já rende em um sedã médio, imagine um carro 400 kg mais leve. Com motor 1.6, turbinado, pode entregar 173 cv de potência e 24,5 kgfm de torque que farão o pocket rocket acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 7,5 segundos.

Uma das coisas mais legais sobre ele é a garantia de fábrica, que ainda compreende todos os modelos 2016/17. Faça questão disso na hora de escolher o seu 208 GT, para evitar complicações no futuro.

5 - Volkswagen Speed Up! TSI 2016 - entre R$ 42 mil e R$ 47 mil

Volkswagen Speed Up!: o pequeno notável virou o queridinho daqueles que querem acelerar com economia
Divulgação
Volkswagen Speed Up!: o pequeno notável virou o queridinho daqueles que querem acelerar com economia

Achou todos os modelos acima muito caros? Então vá de Speed Up!. O pequeno Volkswagen se mostrou um verdadeiro devorador de asfalto, conquistando os corações de quem procura um carro econômico, seguro, bem equipado e potente.

LEIA MAIS: Veja os 5 carros mais baratos equipados com controle de estabilidade

O destaque, claro, é o motor 1.0 turbinado que a Volkswagen diz entregar 105 cv de potência.  O torque divulgado pela fabricante é de 16,8 kgfm. Os bons números fizeram os olhos de quem procura um modelo barato para acelerar brilharem.

O Up! TSI vai de 0 a 100 km/h em 9,1 segundos, e conta com bons números de consumo de combustível. De acordo com o Inmetro, são 13,8 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada, abastecido com gasolina. O carro ainda ostenta cinco estrelas nos testes de colisão do Latin NCAP, mostrando-se um dos modelos mais seguros de nossa lista. Qual desses esportivos seminovos você levaria para casa? Deixe nos comentários.