Tamanho do texto

Modelos populares já anteciparam a instalação do dispositivo de segurança que será obrigatório em 2020

“ESP”. Vá se acostumando com essas três letrinhas, pois elas serão obrigatórias nos carros novos, vendidos no Brasil, a partir de 2020 e em todos os zero quilômeto em 2022. Trata-se do controle de estabilidade e tração, ítem que já marca presença em todos os veículos lançados nos países da União Europeia desde 2014.

LEIA MAIS: Saiba quais são os carros menos vendidos no Brasil em 2018

Você já se viu em uma situação emergencial na qual precisava frear e desviar de um pedestre que estava atravessando fora da faixa, ou algo parecido? Dependendo das condições, muitas pessoas perdem o controle do veículo. O controle de estabilidade faria a diferença para garantir mais segurança, uma vez que atua nos freios automaticamente e até pode cortar potência do motor para evitar que o carro derrape nas curvas, mesmo em pisos escorregadios. Partindo disso, a reportagem do IG Carros lista os cinco modelos mais baratos vendidos no Brasil que já contam com controle de estabilidade e tração. 

1 - Toyota Etios 1.3 X - R$ 48.990

Toyota Etios se destaca por integrar controle de estabilidade e tração em todas as versões
Divulgação
Toyota Etios se destaca por integrar controle de estabilidade e tração em todas as versões

Ao invés de oferecer controle de estabilidade e tração a partir de um determinado pacote, a Toyota disponibiliza o equipamento desde a versão mais básica do Etios. Cinto de três pontos para todos os ocupantes, ancoragem Isofix e assistente de partida em rampa também compõem o pacote de segurança. Todos os ítens são equipamentos de série. Na versão 1.3, o Etios surge com câmbio manual de seis marchas e 98 cv de potência e 13,1 kgfm a 4.000 rpm.

2 - Ford Ka 1.0 SEL - R$ 52.990

Ford Ka SEL é o único 1.0 aspirado da lista a contar com o dispositivo de segurança
Divulgação
Ford Ka SEL é o único 1.0 aspirado da lista a contar com o dispositivo de segurança

Este é o único 1.0 aspirado de nossa lista, e  já conta com controle de estabilidade e tração. Por R$ 52.990, você poderá levar o Ford Ka na versão SEL pra casa, garantindo mais precisão em manobras evasivas. Além do ESP, o Ka também conta com cinto de três pontos para todos os ocupantes e sistema de ancoragem Isofix. O motor entrega 85 cv de potência e 10,7 kgfm a 3.500 rpm. O câmbio é sempre manual, de cinco marchas.

LEIA MAIS: Veja 5 hatches compactos seminovos até R$ 40 mil

3 - Volkswagen Polo 1.6 Connect Pack - R$ 58.760

Volkswagen Polo 1.6 precisa do pacote Connect para integrar controle de estabilidade e tração
Renato Maia/iG
Volkswagen Polo 1.6 precisa do pacote Connect para integrar controle de estabilidade e tração

O Polo também marca presença em nossa lista. A versão 1.6 não oferece o controle de estabilidade e tração de série - o que acontece apenas nos modelos turbo - mas há um pacote para deixar o hatch mais seguro. No caso, o modelo Connect Pack, que também oferecerá assistente de partida em rampa, central multimídia e volante multifuncional. Ancoragem Isofix é um item de série no Volkswagen Polo. O motor 1.6 MSI entrega 117 cv  e 16,5 kgfm de torque a 4.000 rpm, com câmbio manual, de cinco marchas.

4 - Honda Fit 1.5 DX - R$ 58.990

Honda Fit mudou em 2018,e também ficou mais seguro em todas as versões
Divulgação
Honda Fit mudou em 2018,e também ficou mais seguro em todas as versões

A Honda também não escorregou na hora de reestilizar o Fit, no fim do ano passado. Além da cara mais sofisticada, todas as versões ganharam controle de estabilidade e tração. Isofix, cinto de três pontos para todos os ocupantes e assistente de partida em rampa compõem o pacote de segurança. O motor 1.5 entrega 116 cv e 15,3 kgfm de torque a 4.800 rpm. O câmbio é manual, de cinco marchas. Pena que o sedã City não vem com o ESP.

LEIA MAIS: Conheça 5 motivos para trocar o Corolla pelo Prius híbrido

5 - Fiat Argo 1.3 GSR - R$ 62.990

Fiat Argo 1.3 GSR é a única versão que não é manual em nossa lista, já que conta com caixa automatizada
Divulgação
Fiat Argo 1.3 GSR é a única versão que não é manual em nossa lista, já que conta com caixa automatizada

Apesar dos contras da transmissão automatizada de cinco velocidades, a Fiat instalou controle de estabilidade e tração na versão 1.3 do Argo. Junto dele, estão integrados monitoramento de pressão dos pneus, cinto de três pontos para todos os ocupantes, sistema Isofix e assistente de partida em rampa. O motor Firefly desenvolve 109 cv e 14,2 kgfm de torque a 3.500 rpm.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.