Tamanho do texto

A aposta do momento das marcas é no segmento dos SUVs, que vêm ganhando participação de mercado. Veja a lista dos lançamentos

O Salão do Automóvel, em novembro último, foi apelidado por alguns de “Salão dos SUVs” e com boas razões. A grande maioria das fabricantes apresentou, no mínimo, um modelo do segmento. Alguns deles, como Chevrolet Tracker, Hyundai Creta e Jeep Compass já chegaram às concessionárias, enquanto outros ficaram para 2017. Conheça os 10 utilitários esportivos que são prometidos para este ano no Brasil:

LEIA MAIS: Renault Captur chega às lojas em fevereiro. Saiba mais detalhes

1 - Chery Tiggo 2

Futuro nacional, o Chery Tiggo 2 terá motor 1.5 de 108 cv e preços na casa dos R$ 60 mil.
Nicolas Tavares/iG Carros
Futuro nacional, o Chery Tiggo 2 terá motor 1.5 de 108 cv e preços na casa dos R$ 60 mil.

A Chery ainda busca uma forma de acalmar a matriz e mostrar que erguer uma fábrica no Brasil foi uma boa ideia. Sua esperança está no segmento dos utilitários esportivos, com o Tiggo 2. O SUV substitui o Tiggo atual, aproveitando que usa a mesma plataforma que o Celer , modelo já fabricado em Jacareí (SP) nas versões hatch e sedã. Chega ainda no 1º semestre, com motor 1.5 flex de 108 cv e 14 kgfm, outro componente reaproveitado do Celer . Espere por preços na faixa dos R$ 60 mil, com a velha estratégia de carro completão e barato.

2 - Chevrolet Equinox

Produzido no México, o Chevrolet Equinox virá para substituir o Captiva e tem grandes chances de ser feito na Argentina.
André Jalonetsky/iG Carros
Produzido no México, o Chevrolet Equinox virá para substituir o Captiva e tem grandes chances de ser feito na Argentina.

O cansado Chevrolet Captiva finalmente sairá de linha. No seu lugar teremos o Equinox, SUV fabricado sobre a plataforma do novo Cruze – motivo pelo qual muitos acreditam que deve ser fabricado na Argentina em breve. Previsto para o fim de 2017, conta com versões 1.5 turbo, de 173 cv; 1.6 turbodiesel, de 137 cv; e 2.0 turbo, de 256 cv. Já roda em testes no Brasil e deve ter preço acima dos R$ 100 mil, para se distanciar da versão topo de linha do Tracker .

LEIA MAIS: Ford EcoSport renovado chega ao Brasil em meados de 2017

3 - Ford EcoSport

Nova cara, painel mais luxuoso e novo motor 1.5. É assim que o Ford EcoSport vai tentar reconquistar sua relevância entre os utilitários esportivos.
André Jalonetsky/iG Carros
Nova cara, painel mais luxuoso e novo motor 1.5. É assim que o Ford EcoSport vai tentar reconquistar sua relevância entre os utilitários esportivos.

Sim, o Ford EcoSport virá, como já falamos quando foi revelado pela primeira vez no Salão de Los Angeles (EUA). Afinal, é um projeto brasileiro e a Ford não pode abandonar o segmento que mais cresce. Recebeu um novo design baseado no utilitário Kuga , novo painel interno com uma central multimídia de verdade e, para o Brasil, novo motor 1.5 de três cilindros. Não perde o estepe na traseira, mas dará adeus ao câmbio automatizado PowerShift, usando uma caixa automática de seis marchas.

4 - Honda CR-V

A nova geração do CR-V traz melhorias no acabamento, novo design e motor 1.5 turbo de 190 cv.
Divulgação/Honda
A nova geração do CR-V traz melhorias no acabamento, novo design e motor 1.5 turbo de 190 cv.

Com 1.939 unidades vendidas em 2016, o Honda CR-V é um dos utilitários esportivos que fez sucesso mas anda meio apagado. Ainda mais quando temos um Compass vendendo quase o dobro em apenas um mês. A nova geração do SUV foi apresentada em outubro nos EUA e promete mexer com o segmento, utilizando o motor 1.5 turbo de 190 cv e um acabamento mais luxuoso. A marca não confirma, mas o esperado é que apareça por aqui no fim de 2017.

5 - Land Rover Discovery

O novo Discovery de sete lugares tem todo o DNA da Land Rover: luxoso, esportivo e que não tem medo de lama.
Nicolas Tavares/iG Carros
O novo Discovery de sete lugares tem todo o DNA da Land Rover: luxoso, esportivo e que não tem medo de lama.

Uma das estrelas da Land Rover no Salão do Automóvel foi o Discovery , a nova geração do SUV de sete lugares da marca inglesa. Continua com todo o requinte dos carros da Jaguar Land Rover, aliado ao DNA off-road – mesmo com todo o luxo, é capaz de fazer trilhas com facilidade. Conta com o motor 3.0 V6, nas versões a gasolina e turbodiesel. O modelo a gasolina conta com 340 cv e 45,9 kgfm e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 7,1 segundos.

LEIA MAIS: Chevrolet vai trazer o SUV Equinox para substituir o Captiva no Brasil

6- Peugeot 3008

O Peugeot 3008 virá com o motor 1.6 turbo de 165, câmbio automático de seis marchas e o direito de ser chamado de SUV.
Nicolas Tavares/iG Carros
O Peugeot 3008 virá com o motor 1.6 turbo de 165, câmbio automático de seis marchas e o direito de ser chamado de SUV.

O Peugeot 3008 da geração passada mais parecia uma van do que um SUV. Isso muda na nova geração, presente do Salão do Automóvel. A nova plataforma EMP2 deixou o carro mais leve e a PSA tomou todo o cuidado para moldar o veículo como um verdadeiro utilitário esportivo. Prometido para o 1º semestre, terá o conhecido motor 1.6 THP de 165 cv e transmissão automática de seis marchas.

7- Renault Captur

A base do Renault Captur é a mesma do Duster, mas a proposta é diferente, posicionando o novo utilitário como uma versão premium.
Carlos Guimarães/iG
A base do Renault Captur é a mesma do Duster, mas a proposta é diferente, posicionando o novo utilitário como uma versão premium.

A Renault começa o ano com o lançamento do Captur , sua nova aposta no segmento de entrada dos utilitários esportivos. O Duster servirá de carro mais básico, enquanto o Captu r terá uma pegada mais refinada para competir no degrau acima, batendo Honda HR-V e Jeep Renegade. Está disponível em pré-venda, com preços entre R$ 89 mil e R$ 95 mil, com motor 2.0 e câmbio CVT. A apresentação para a imprensa acontece nos dias 14 e 15 de fevereiro, chegando às lojas pouco depois.

8- Renault Koleos

O enorme Renault Koleos será a entrada da marca no segmento dos utilitários esportivos maiores. Chega às lojas em meados de 2017.
Divulgação
O enorme Renault Koleos será a entrada da marca no segmento dos utilitários esportivos maiores. Chega às lojas em meados de 2017.

Depois de cobrir suas bases no segmento de entrada, a Renault vai olhar para o outro lado do espectro. O coreano Koleos tem 4,67 metros de comprimento e quer mostrar que a marca francesa também faz carros com acabamento luxuoso. Será oferecido em versão única, com o motor 2.5 a gasolina, de 172 cv e tração integral, custando entre R$ 150 mil e 160 mil. Se o cronograma for seguido, o Koleos deve aparecer entre maio e junho.

9 -Toyota RAV4

Reestilizado, o Toyota RAV4 chega ainda no 1º semestre de 2017, com nova opção 2.5 de 179 cv.
Nicolas Tavares/iG Carros
Reestilizado, o Toyota RAV4 chega ainda no 1º semestre de 2017, com nova opção 2.5 de 179 cv.

Enquanto o SUV compacto C-HR não vem ao Brasil, o menor utilitário da marca japonesa disponível é o RAV4. Apresentado aos brasileiros no Salão do Automóvel, o modelo reestilizado foi prometido para o 1º trimestre deste ano. Muda bastante, adotando uma grade mais estreita interligando os faróis, lembrando o desenho usado no Etios , mas de forma suave. O interior recebeu novo painel de instrumentos. Sob o capô continua o motor 2.0 de 145 cv e 19,1 kgm de torque, com o câmbio CVT e opção de tração dianteira ou integral. Uma das novidades é a chegada do 2.5 de 179 cv e 23,8 kgfm e câmbio automático de seis marchas, oferecido como versão topo de linha.

10 - Volkswagen Tiguan Allspace

O Volkswagen Tiguan atual continuará nas lojas, ao lado da nova geração, que chega na versão Allspace de sete lugares.
Divulgação/Volkswagen
O Volkswagen Tiguan atual continuará nas lojas, ao lado da nova geração, que chega na versão Allspace de sete lugares.

Revelado no Salão de Detroit (EUA) no início de janeiro, o Tiguan Allspace é a versão de sete lugares SUV da Volkswagen. É outro modelo que disputa com os utilitários esportivos de mais espaço e deve chegar ao Brasil ainda este ano, com o motor 2.0 de 184 cv e 30,5 kgfm, combinado ao câmbio automático de oito marchas. E o Tiguan normal? Segue sem previsão, mantendo o modelo atual com a nova versão 1.4 TSI.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.