Tamanho do texto

Ford chama 9.078 unidades para trocar fecho do cinto de segurança. Confira detalhes e o código de chassi dos modelos envolvidos na campanha de recall

Ford Ka+, Ka e EcoSport passam por recall para substituir o fecho do cinto de segurança, que pode não travar
Divulgação/Ford
Ford Ka+, Ka e EcoSport passam por recall para substituir o fecho do cinto de segurança, que pode não travar

A Ford anuncia o recall de 9.078 unidades dos modelos EcoSport, Ka e Ka+ para reparo do cinto de segurança. Segundo a marca, há uma falha no fecho do equipamento, que pode se não travar corretamente, soltando o cinto em caso de acidente, aumentando o risco de lesões em caso de colisões. O atendimento para resolver o defeito começa no dia 2 de março de 2017 e afeta modelos 2017 produzidos em 2016.

LEIA MAIS: Ford Ka Trail chega até o fim do mês  a partir de R$ 48.790. Saiba detalhes

O motivo do recall é um defeito no fecho dos cintos de segurança, tanto dianteiros quanto traseiros. A lingueta pode não ficar acoplada corretamente, impedindo o travamento do cinto. Caso o veículo se envolva em uma colisão, o cinto corre o risco de se desprender, deixando de proteger o passageiro, que será projetado para frente, o mesmo efeito que teria caso não utilizasse o item de segurança.

LEIA MAIS: Preço do seguro dos carros mais vendidos varia bastante. Veja a lista

Os proprietários devem entrar em contato o Centro de Atendimento Ford (CAF) pelo telefone 0800 703 3673 ou com uma das concessionárias da marca para agendar o atendimento. Será feita a substituição dos fechos dos cinco cintos de segurança do veículo, sem nenhum custo para o cliente. A fabricante diz que o tempo médio para a realização do serviço é de aproximadamente duas horas, variando de acordo com o fluxo de atendimentos.

LEIA MAIS: Ford Fiesta brasileiro terá apenas o visual da nova geração vendida na Europa

Mudanças para Ka e Eco

Ainda no mês de março, a Ford irá lançar o novo Ka Trail, versão aventureira do hatchback apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro passado. Com apliques de plástico e suspensão elevada, será vendido nas versões 1.0 e 1.5 e apenas na carroceria hatch. Na metade do ano será a vez do EcoSport, que finalmente receberá sua  esperada reestilização, além de contar com uma nova cabine (que abandona o sistema Sync com telinha azul) e a troca do motor 1.6 Sigma pelo 1.5 Dragon, de três cilindros. Um dos rumores apontam que o polêmico câmbio automatizado PowerShift sairá de linha, substituído por um automático.

Confira a data de fabricação e código de chassi dos modelos afetados pelo recall:

Modelo

Chassis

Data de fabricação

EcoSport

H8608138 até H8631737


9 de novembro de 2016 até 
3 de dezembro de 2016

Ka e Ka+

H8421589 até H8448524

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.