Tamanho do texto

Divisão australiana da Honda confirma renovação do HR-V para o ano que vem. Saiba mais sobre as novidades e o que podemos esperar para 2018

A Honda deve mexer pouco no design do HR-V , apenas o suficiente para deixá-lo alinhado ao Fit renovado
Divulgação
A Honda deve mexer pouco no design do HR-V , apenas o suficiente para deixá-lo alinhado ao Fit renovado

Lançado em 2014, está na hora do HR-V receber sua atualização de design de meia-vida, como é costume no setor automotivo. Segundo Stephen Collins, diretor da Honda na Oceania, a marca já prepara essa renovação visual e trabalha com uma data de lançamento para 2018. O executivo disse ao site CarAdvice que o conjunto mecânico deve seguir o mesmo, mantendo o motor 1.8, de 140 cv, que funciona com câmbio automático CVT.

LEIA MAIS: Honda HR-V EX 1.8: por que o SUV é líder de vendas? Confira na avaliação

Pouco foi falado sobre quais serão as alterações no visual do HR-V. Esperamos por mudanças bem sutis, como as vistas no Fit reestilizado, concentradas na grade frontal e nos para-choques, além de aumentar a oferta de alguns itens da recém-lançada versão Touring, como as luzes de iluminação diurna e filetes na lanterna, de LED. O interior deve receber alguns detalhes cromados nas saídas de ar, apenas. E não se sabe quando as novidades vão estar disponíveis no Brasil. Entretanto, como serão apenas novos detalhes, tudo indica que as mudanças deverão ser adotadas aqui quase ao mesmo tempo na comparação com outros mercados do mundo. 

LEIA MAIS: Honda HR-V Touring enfrenta Hyundai Creta Prestige 2.0. Qual vence? 

Na parte de equipamentos, os australianos apostam em uma atualização da central multimídia, incluindo GPS nativo (que não é oferecido por lá) e uso dos sistemas Android Auto e Apple CarPlay. Também devem passar parte dos itens do Touring para os modelos mais em conta, como o sensor de chuva, sensor de estacionamento traseiro e sensor crepuscular. Uma possibilidade é a adição do pacote de segurança oferecido no Civic, composto por assistente de faixa e detector de ponto cego.

LEIA MAIS: Honda WR-V, HR-V e CR-V: entenda as diferenças entre os três modelos

Collins deixa claro que a Honda não deve mexer na motorização, dizendo que os clientes gostam do desempenho e economia do motor 1.8 e da combinação com o câmbio CVT. Mesmo os australianos não contam com a versão 4x4 do HR-V, encontrando apenas modelos com tração dianteira nas lojas. “Nós não temos planos de mudar nossa estratégia de onde posicionar o HR-V”, explica o executivo.

Briga acirrada

Líder absoluto entre os SUVs compactos, o HR-V está disputando a liderança dos SUVs em geral com um concorrente maior e mais caro, o Jeep Compass. O modelo da FCA está com 13.735 unidades emplacadas desde janeiro, contra 14.753 unidades do carro da Honda. Seu antigo rival, o Jeep Renegade, vem perdendo espaço e contabiliza 11.932 veículos desde o início de 2016. Seu ritmo atual de vendas dá esperanças ao Hyundai Creta, o terceiro SUV compacto mais vendido, com 10.055 unidades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.