Tamanho do texto

Picape será fabricada na Argentina sobre a mesma base da Nissan Frontier e da Renault Alaskan , que estreiam na segunda metade do ano que vem

Versão conceitual da picape Mercedes-Benz é exposta no Salão de Buenos Aires, na Argentina, que vai até o dia 20
Nicolas Tavares/iG Carros
Versão conceitual da picape Mercedes-Benz é exposta no Salão de Buenos Aires, na Argentina, que vai até o dia 20

Uma das principais atrações da Mercedes-Benz no Salão de Buenos Aires (Argentina) é a versão conceitual da picape Classe X, cuja versão de produção teve o cronograma de lançamento adiado, conforme apurou a reportagem de iG Carros. Anteriormente, a picape era para chegar ao Brasil no ano que vem, mas agora estão trabalhando para que o utilitário seja lançado apenas no segundo semestre de 2019. Isso porque a fábrica na Argentina fica pronta somente no fim de 2018 e o modelo da marca alemã será o último a ser montado, depois da Nissan Frontier e da Renault Alaskan, modelos com os quais irá compartilhar a plataforma.

LEIA MAIS:  Mercedes mostra a versão renovada do GLA no Salão de Detroit

Embora seja feita sobre a mesma base das outras duas picapes, a Classe X terá detalhes exclusivos, como a grade dianteira com o logo da Mercedes em destaque. Apesar disso, ao contrário do protótipo exposto no salão, a versão de produção do utilitário da marca alemã terá desenho mais conservador, usando alguns elementos das suas "irmãs" de origens mais modestas, principalmente na parte traseira, como para-lamas e a tampa da caçamba.

Nada de versão AMG ou híbrida, mas já mostraram como seria um modelo de apelo aventureiro da picape.
Divulgação/Mercedes-Benz
Nada de versão AMG ou híbrida, mas já mostraram como seria um modelo de apelo aventureiro da picape.

Entretanto, por dentro, é que modelo da Mercedes deverá se diferenciar mais. Espera-se que o desenho que será adotado, dessa vez, fique mais próximo do que foi apresentrado na versão conceitual, com detalhes que seguem o padrão dos utilitários esportivos, como os modelos GLC e GLE. Também será importante manter o mesmo nível de acabamento desses SUVs. Entre outros detalhes, a Classe X conceitual vem com saídas de ar em formato em cruz, tela multimídia saltando do painel central e o cluster parecido com o sedã da Classe C .

LEIA MAIS:  Mercedes GLC 250 4 MATIC agrada pelo design e desempenho


Detalhes da estrutura e do conjunto mecânico


Entre outras opções de motor, a Classe X deverá ter o mesmo motor 2.5, turbodiesel, de 190 cv, que equipa a Frontier e a Alaskan . Haverá também o V6 turbodiesel, de 3.0 litros de cilindrada, capaz de gerar 258 cv e 63,2 kgfm de torque que poderá funcinar com tração integral 4Matic e câmbio automático de sete ou nove marchas. E a capacidade de carga ficará em torno de 1.100 kg, sendo aproximadamente 3.500 kg para reboque.

LEIA MAIS:  Mercedes-AMG faz 50 anos com séries especiais. Veja fotos

Será a primeira picape média da Mercedes-Benz, que na Europa será produzida em Barcelona (Espanha). Entretanto, a marca trabalha para que a novidade tenha o mesmo nível de conforto que seus SUVs, o que tem levado a ajustes específicos da suspensão. Além disso, não está descartado o lançamento de uma versão com maior apelo esportivo, com aval da divisão AMG

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.