Tamanho do texto

Lista conta com modelos de Honda, Hyundai e Peugeot. Veja mais informações sobre os subcompactos entre os mais interessantes do mundo

O Renault Kwid chega ao mercado brasileiro com a missão de ocupar a lacuna dos subcompactos abaixo de R$ 30 mil. Com preço sugerido de R$ 29.990, quem quiser um Kwid terá que enfrentar uma fila de espera que vai até novembro. A receita do modelo é bem clara: um carro simples, com pouca sofisticação, para quem quer um compacto barato.

Mas a fórmula é diferente em continentes como Europa e Ásia, onde os chamados citycars podem ganhar requintes que dificilmente veríamos por aqui em Kwid e Mobi. Partindo disso, a reportagem do iG Carros lista cinco subcompactos bem equipados e seguros que encantam outros mercados, mas, infelizmente nunca serão vendidos no Brasil.

LEIA MAIS: Renault Kwid tem tudo para ser um sucesso maior que Up! e Mobi


1- Honda Brio - (a partir de R$ 23 mil, na Índia)

Honda Brio
Divulgação
Honda Brio


A Honda tem um pequeno hatchback chamado Brio que nunca chegou ao Brasil. O conceito é bem similar ao Toyota Etios, e a Honda tem planos de levá-lo para outros países além da Ásia num futuro não tão distante. O Brio faz muito sucesso na Índia, Tailândia e Indonésia, e é uma boa opção entre os subcompactos . Por aqui, o carro de entrada da Honda é o Fit, que parte de R$ 57.700 na versão DX, com câmbio manual.

2- Renault Twingo - (parte de R$ 41.600, na França)

Renault Twingo
Divulgação
Renault Twingo

Um nome familiar para nós, brasileiros, que já vimos o Twingo sendo vendido por aqui nos anos 90. O design não nega suas fortes influências no Fiat 500, que faz muito sucesso na Europa, e preserva o mesmo critério do carismático modelo clássico. Mas o Twingo está longe de ser um carro simples: kit conforto, multimídia e opções legais para o acabamento interno tiram qualquer aspecto de "pé-de-boi". Parte do motor, como compartimento para bateria, radiador e líquido de arrefecimento, estão no capô. Todo o resto está localizado abaixo do porta-malas, com fácil acesso. O motor traseiro proporciona um ângulo de esterçamento muito melhor para as rodas dianteiras, tornando o Twingo um carro confortável de manobrar e que transmite segurança nas curvas.

LEIA MAIS: Confira os dez carros 1.0 mais baratos do Brasil. Veja a lista completa


3- Chevrolet Spark - (parte de R$ 43.800, nos EUA)

Chevrolet Spark
Divulgação/General Motors
Chevrolet Spark


A idéia deu tão certo que a Chevrolet levou o projeto para os Estados Unidos, onde condutores têm preferência por carros mais espaçosos. O Spark era, inicialmente, um projeto da filial sul-coreana Daewoo, e chegou aos Estados Unidos como uma opção de carro elétrico baixo-custo. São dez cores bem legais para deixar o Spark com a sua cara, além de diversas opções de customização interna. O modelo parte de US$ 13.800.

4- Hyundai i10 ( parte de R$ 36.700, no Reino Unido)

Hyundai i10
Divulgação
Hyundai i10

Não tem que ser grande para ser excelente. Esse é o slogan que a Hyundai de Portugal usa para divulgar o pequeno i10. Com design arrojado e muita conectividade, o i10 é capaz de levar até 252 litros de carga no porta-malas. Uma boa capacidade para um carrinho urbano. Além disso, o i10 traz adereços de sofisticação que só veríamos por aqui nas versões mais completas do HB20. O motor 1.0 MPi rende 66 cv, e também pode ser equipado com câmbio automático de quatro marchas.

LEIA MAIS: Os 10 carros mais seguros e os 10 mais inseguros do Brasil


5- Peugeot 108 ( parte de R$ 38.500, na França)

Peugeot 108
Divulgação
Peugeot 108

A Peugeot aposta na conectividade e na customização para seduzir os jovens compradores do 108. O design, como podemos esperar de qualquer carro francês, foi a prioridade do projeto. Concebido para combinar estilo e prazer de dirigir, o 108 está dentro da nova identidade global da Peugeot, que combina nova grade frontal e entrada de ar inferior. Na versão topo de linha, o Peugeot 108 ainda traz teto em lona totalmente escamoteável - um sistema semelhante ao do Fiat 500 Cabrio vendido por aqui. Perfeito para quem busca luxo em subcompactos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.