Tamanho do texto

Hatch ganha maior abertura de ar no para-choque entre as diferenças em relação à versão que será vendida na Europa

Volkswagen Polo nacional: para-choque com maior abertura e linhas que lembram as do sedã Arteon
Divulgação
Volkswagen Polo nacional: para-choque com maior abertura e linhas que lembram as do sedã Arteon

A imprensa automotiva é reunida para conferir mais detalhes do VW Polo nacional antes do lançamento, marcado para o dia 25 de setembro. Entre outras informações, a marca revela que o carro que está sendo montado em São Bernardo do Campo (SP) contará com uma frente com apelo mais esportivo que a adotada na Europa.

LEIA MAIS: Volkswagen começa a fabricar novo Polo no Brasil. E confirma linha de 4 modelos

De acordo com o gerente executivo de design da Volkswagen na América do Sul, José Carlos Pavone, “o gosto do brasileiro pede maior esportividade do que as versões convencionais que temos no mercado europeu, daí a maior abertura de ar no para-choque do VW Polo , baseada no estilo do sedã Arteon”, disse ele.  Apesar do carro não ter sido mostrado por inteiro,  reveleram desenhos e até o modelo em escala real, em argila, como pode ser visto na galeria de imagens abaixo.

Na traseira, os para-choque também foi desenhado para dar um certo aspecto esportivo ao carro. Uma linha horizontal sob as lanternas na tampa traseira, que se desloca para o para-choque, reforça a largura do hatch da VW desta perspectiva. O difusor, integrado ao para-choque, traz elementos que evidenciam a esportividade. Diferente também será o túnel central da parte estrutural do carro, um pouco mais baixo no Polo nacional em relação ao europeu.

Ainda na parte de design, a fabricante revelou em linhas gerais como serão as três versões do Polo nacional por dentro. Na mais em conta haverá o predomínio do preto. Indo para a intermediária Comfortline, o carro passa a ter o contraste do preto com cinza e o uso de materiais e revestimentos um pouco mais caprichados. E no topo de linha Highline o acabamento passa a ser premium, o que inclui black piano no painel. Como opcional, o quadro de instrumentos poderá ser totalmente digital e configurável, como opcional.

Segurança

Metade da estrutura do novo VW Polo nacional é feita com aço de alta resistência, de acordo com a fabricante
Carlos Guimarães/iG
Metade da estrutura do novo VW Polo nacional é feita com aço de alta resistência, de acordo com a fabricante

Para explicar a parte de segurança do Polo, a Volkswagen convocou o engenheiro responsável pela parte de segurança da marca no Brasil, Antônio Carnielli Jr. Entre uma série de outros detalhes, ele explicou que o Polo foi fabricado com 50% de aços de alta resistência  e que conta com o melhor índice estrutural do segmento, o que leva em conta a rigidez torcional, o tamanho da carroceria e o peso. Para contribuir com a segurança, todos os cinco ocupantes do carro terão cinto de três pontos e encostos de cabeça, além de quatro airbags. De fábrica, o Polo nacional também terá tampa do porta-malas com abertura elétrica, bancos traseiros bipartidos, ancoragem ISOFIX para cadeiras infantis e  e pneus com baixa resistência.

LEIA MAIS: Volkswagen mostra Polo nacional, ainda camuflado, às vésperas do lançamento

Também foi destacado que os faróis são de 550 lumens, ante 330 do principal concorrente. E que os bancos são fabricados com aço de alta resistência com solda a laser. O controle eletrônico de estabilidade (ESP) vai ser de série nas versões TSI e opcional nas equipadas com motor 1.0, aspirado. 

Na lista de opcionais que serão oferecidos pela fabricante, destacam-se alguns como luzes diurnas de LED próximos dos faróis de neblina, sistema que abre as portas sem precisar da chave, start/stop, rebatimento dos retrovisores externos, quadro de instrumentos totalmente digital e configurável, de 10,2 polegadas, entre outros equipamentos.   

Mercado

Com a chegada do Polo, a Volkswagen vai reposicionar seus hatches no mercado, especialmente Fox e Golf. Isso será anunciado oficialmente nos próximos dias, mas sabe-se que o Fox terá um caráter mais aventureiro, aproveitando a posição de dirigir mais alta do carro, que passará a ter foco nas versões como a Track, por exemplo. Portanto, algumas versões do modelo deverão desaparecer. No caso do Golf, a ideia será dar um aspecto ainda mais esportivo ao carro.

Com toda a estratégia pronta para o lançamento do VW Polo, a fabricante alemã espera que o novo modelo acabe se posicionando, pelo menos, entre os cinco carros mais vendidos do Brasil, tendo entre os principais rivais Chevrolet Onix, Hyundai HB20 e Fiat Argo.

LEIA MAIS: Volkswagen confirma chegada de dois SUVs inéditos e de nova picape

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.