Tamanho do texto

Tricampeão inglês e marca italiana repetem a parceria que originou a Brutale Dragster 800, em 2015. Saiba mais detalhes

MC Agusta F4 LH44 e Lewis Hamilton: supermotocicleta de 212 cavalos  tem desempenho de tirar o fôlego
Divulgação
MC Agusta F4 LH44 e Lewis Hamilton: supermotocicleta de 212 cavalos tem desempenho de tirar o fôlego

Há dois anos, o tricampeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton se juntou à marca italiana de motocicletas MV Agusta para criar uma edição especial Brutale Dragster LH44. A parceria deu tão certo que ambas as partes se juntaram mais uma vez, durante o Grande Prêmio da Malásia, para revelar mais uma versão limitada da MV Agusta F4 LH44.

LEIA MAIS: Kawasaki Versys-X 300 é a nova integrante da família

Tal parceria foi possível pois a Daimler, dona da Mercedes-AMG, equipe de Lewis Hamilton , possui uma fatia de 25% da MV Agusta. A marca iniciou as modificações na F4 RC, de 212 cv de potência, com kit de preparação para corridas Reparto Corsa. Após os ajustes, o modelo ganhou mais sete cavalos de potência, e ficou aproximadamente quatro quilos mais leve. Há apenas um escapamento, que passa por baixo assento e chega à cauda com design simétrico. Seu design não nega as influências gritantes da superesportiva MV Agusta World.

Supermoto tem o desenho arrojado e agressivo entre os principais atributos, bem como o nível de sofisticação
Divulgação
Supermoto tem o desenho arrojado e agressivo entre os principais atributos, bem como o nível de sofisticação

Melhorias mecânicas, como suspensão ajustável e novas molas, também marcam presença. A escolha da cor ficou a cargo de Hamilton, que vestiu a bela moto esportiva em um vermelho-escarlate perolizado com chassi branco. Os detalhes também incluem tanque de combustível esportivo, vidro dianteiro fumê, parafusos anodizados e um par de pneus Pirelli Diablo Supercorsa com acabamento vermelho. Apenas 44 motocicletas serão produzidas, com preço estimado na casa dos 50 mil euros, ou R$ 185 mil.

LEIA MAIS: Harley-Davidson; uma viagem para Foz do Iguaçu com fãs da marca

Brutale

Brutale Dragster 800: estilo radical e estrutura de fibra de carbono para ser leve e rígida ao mesmo tempo
Divulgação
Brutale Dragster 800: estilo radical e estrutura de fibra de carbono para ser leve e rígida ao mesmo tempo


Em 2015, o piloto inglês também esteve envolvido na concepção da Brutale Dragster 800, a naked italiana de 140 cv de potência vindos de um motor tricilíndrico de 798 cc. Uma olhada rápida na motocicleta e já dá pra entender qual é a cor favorita de Lewis Hamilton. O corpo é bem semelhante ao da Brutale 800, com estilo mais radical.

LEIA MAIS: Ducati XDiavel: um escândalo de motocicleta

O corpo da esportiva italiana de Lewis Hamilton é praticamente todo de fibra de carbono. Ela pesava 168 kg, e seus pneus eram Pirelli Diablo Rosso II, com freios confeccionados pela Brembo e manetes usinados. Apenas 244 motos foram produzidas, avaliada em 24 mil euros, ou R$ 100 mil à época.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.