Tamanho do texto

A Lada, que chegou a vender seus carros no Brasil nos anos 90, prepara a nova geração do jipe, que quase não mudou até hoje

Lada Niva: a foto já é a do modelo atual da marca, que pouco mudou desde que os primeiros Niva chegaram no Brasil
Divulgação
Lada Niva: a foto já é a do modelo atual da marca, que pouco mudou desde que os primeiros Niva chegaram no Brasil

A Lada  revela que prepara a próxima geração do Niva para 2021. Até hoje o carro se parece bastante com os que foram vendidos no Brasil, mas o novo projeto se baseia na plataforma do Renault Duster. Com isso, o jipe ficará mais moderno, mas ainda de baixo custo, o que vai manter seu apelo  off-road por um preço acessível.

LEIA MAIS: Confira 10 fabricantes que desistiram do Brasil. Veja a lista completa

A Lada e as novidades dos anos 90

Após a abertura das importações, no Governo Collor, em 1990, várias marcas desembarcaram no Brasil. Referências mundiais em tecnologia, modernidade e qualidade, como a BMW, Daihatsu, Daewoo, Mazda, Alfa Romeo, bem como várias outras fabricantes vieram com novidades que fizeram os carros nacionais se tornarem ultrapassados.  Dentro desse contexto, a Lada cativou os brasileiros por seus carros com preços em conta, robustos e confiáveis, mesmo não sendo modernos. Cerca de 70.000 unidades  foram vendidas, muitas delas para taxistas.

Bem característico de um jipe off-road, o interior é bem simples e quase sem mudanças, seguindo a versão original
Divulgação
Bem característico de um jipe off-road, o interior é bem simples e quase sem mudanças, seguindo a versão original




Decadência

Os golpes fatais para a marca russa vieram em 1995, quando os impostos sobre carros importados subiu e, mais do que em 1990, os brasileiros já não aceitavam mais o design antiquado dos carros de projeto soviético. Esses fatos foram agravados pela má fama dos carburadores dos soviéticos, que não se davam muito bem com a gasolina brasileira (na época, com 22% de etanol) e pelo péssimo atendimento nas concessionárias que deixava a desejar.

LEIA MAIS:  Renault Duster renovado aparece com novo desenho e mais refinado 

Apesar da marca já contar com modelos completamente modernizados, a essência soviética do Niva fala mais alto
Divulgação
Apesar da marca já contar com modelos completamente modernizados, a essência soviética do Niva fala mais alto

LEIA MAIS: Jeep prepara Renegade renovado para 2019

Os planos

Apesar da modernização que a Lada terá em 2021 com a mudança no Niva, os planos são de, ainda, preservar a essência do jipe que pouco mudou desde o seu primeiro desenvolvimento, em 1977. Entretanto, enquanto a estrutura será da Renault, o motor será o 1.6 moderno que a Nissan equipa seus carros, reflexo do acordo da marca russa com o grupo Renault-Nissan.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.