Tamanho do texto

Novidade começa a chegar às lojas por preços que partem de R$ 118.900 com um pacote mais modesto de itens de série

Subaru Forester 2018: O SUV familiar passa a ter versão mais simples, com preço mais atrativo para aumentar as vendas
Divulgação
Subaru Forester 2018: O SUV familiar passa a ter versão mais simples, com preço mais atrativo para aumentar as vendas

A Subaru divulga a chegada da versão mais em conta do Forester, SUV médio que passa a  ter três versões disponíveis a partir de R$118.900, valor sugerido da  L. Em seguida, vem a  Sport (R$ 131.900) e XT Turbo ( R$ 159.600). Sem mudanças no desenho, o SUV continua com  para-choques dianteiros pensados para dar um ar de robustez, fluidez das linhas e modernidade ao carro, pois se integra à grade frontal.

Além disso, a frente vem com amplas entradas de ar (para a refrigeração), acabamentos plásticos de tom mais escuro nas extremidades e retoques cromados. Quanto à tecnologia empregada ainda na parte de fora, o carro conta com faróis com lâmpadas de xenônio que viram junto com a direção do carro, para uma melhor iluminação, além de luzes de LED que dão mais modernidade ao desenho, além de contribuir com a fluidez do design.

LEIA MAIS: Subaru Outback: perua aventureira empolga com motor boxer de 256 cv

O interior se destaca pela tecnologia e interatividade, além de mais modos de uso do modelo da marca japonesa
Divulgação
O interior se destaca pela tecnologia e interatividade, além de mais modos de uso do modelo da marca japonesa

LEIA MAIS: Três SUV novos que não valem a pena comprar em 2017

Tecnologia a serviço do motorista

Além dos faróis direcionais no exterior, o interior é repleto de sistemas que otimizam o uso dos componentes. O carro é equipado com sistema multimídia sensível ao toque de 6,2 polegadas, que tem viva-voz integrado, entrada auxiliar, câmera de ré e funções de MP3. Já em relação à eletrônica aplicada à dirigibilidade, o Forester vem com piloto automático, controles de tração e estabilidade, distribuição inteligente de frenagem (que calcula onde é necessário mais poder de frenagem ou menos), assistência de saída em lugares inclinados (para o carro não descer ao começar a andar), acendimento automático dos faróis e também dos limpadores do pára-brisa. O motorista conta também com modos de condução “normal” (chamado de intelligent), que poupa combustível e busca um funcionamento suave, além do “Sport”, que usa o conjunto mecânico para entregar mais desempenho.

A traseira não está muito diferente em sua aparência, mas ganha luzes de LED que realçam suas linhas
Divulgação
A traseira não está muito diferente em sua aparência, mas ganha luzes de LED que realçam suas linhas

LEIA MAIS: Conheça os 5 SUV mais baratos à venda hoje em dia no Brasil

Motor e câmbio

O sistema de tração é 4x4 integral, ou seja, manda potência às 4 rodas sem parar, com sistema de diferencial inteligente, que distribui da melhor forma a potência do Subaru entre as rodas, aumentando os níveis de segurança ao dirigir. Na opção “L”, o motor é 2.0 litros, de 150 cv e 20.2 kgfm, além do câmbio automático de 6 marchas, bem como na versão intermediária “Sport”, mudando somente a presença do teto solar, hastes das marchas atrás do volante e botão de partida

O sistema de sobrealimentação aparece apenas na versão “XT Turbo”, que conta com 240 cv,  que funciona com câmbio automático de 8 marchas. Para justificar ainda mais a distinção da versão de topo em relação as outras, o carro vem com GPS integrado, sistema Harman/Kardon de som e o modo “Sport+” de condução, que o torna mais agressivo na entrega e otimização da potência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.