Tamanho do texto

A fabricante alemã já acumula vários títulos na categoria do WRC e promete ganhar ainda mais com seu novo projeto

Volkswagen Polo R5 WRC: a marca garante que vai retornar aos rallies, que já lhe renderam muitos títulos
Divulgação
Volkswagen Polo R5 WRC: a marca garante que vai retornar aos rallies, que já lhe renderam muitos títulos

Em 2016, após ter decepcionado os fans do WRC (campeonato mundial de rally) com sua retirada das corridas, a Volkswagen anuncia seu retorno com o Polo R5 WRC, baseado na nova geração do Polo GTI, para 2018. A marca alemã conquistou 12 títulos entre 2013 e 2016, o que leva a marca a um patamar respeitável na categoria mais tradicional de ralis, superando a Subaru e se igualando a Mitsubishi, Peugeot e Toyota.

LEIA MAIS: Novo VW Polo: como anda o hatch premium com motor 1.0 turbo

O WRC

O WRC é uma categoria de ralida FIA (Federação Internacional de Automobilismo) que acontece em ambientes de terra, cascalho e até neve. As fabricantes, incluindo a Volkswagen , se interessam quanto a participação desses campeonatos, pois é uma grande oportunidade para o desenvolvimento de tecnologias, aprimoramento da qualidade dos projetos e para divulgar seus produtos. As especificações de potência este ano incluem 380 cv de motores com 1.6 litro, câmbio sequencial de 6 marchas e sistema de largada, que levam os carros de 0-100 km/h em menos de 4 segundos no cascalho.

Sebastien Ogier (piloto) e Julien Ingrassia (navegador) celebram a vitória na chegada do Rally de Monte Carlo de 2016
Divulgação
Sebastien Ogier (piloto) e Julien Ingrassia (navegador) celebram a vitória na chegada do Rally de Monte Carlo de 2016

LEIA MAIS: Volkswagen Polo GTI de 200 cv é mostrado no Salão de Frankfurt

O projeto

Apesar das especificações do novo Polo R5 WRC não terem sido completamente divulgadas, a equipe de corridas da Volkswagen é composta pelos mesmos integrantes que desenvolveram o carro da temporada de 2016. Os planos envolvem um projeto completamente novo para os clientes das corridas, que poderão adequar o Polo (que virá de fábrica com tudo do mais básico possível) conforme a categoria que forem participar. Sven Smeets, diretor da equipe Volkswagen Motorsports, e sua equipe, afirmam que a intenção é, e sempre foi, partilhar as experiências das pistas, em prol de um melhor desenvolvimento dos modelos de produção da marca, já que é sob uso extremo e nos ambientes desafiadores que se pode coletar o máximo possível de informações e preparar o carro para enfrentar os mais exigentes cenários.

LEIA MAIS: Novo Polo 1.6 MSI: um hatch bem equipado por menos de R$ 60 mil

Disputando contra todos, até contra si mesmo

O Volkswagen Polo R5 WRC será mais um dos modelos “crus” e preparados para corridas da marca, ao lado do Golf GTI TCR, feito para campeonatos de turismo. A marca alemã adota a política de criação de carros de corrida a partir de versões de rua também para a Bentley (Continental GT3), Lamborghini (Huracan GT3), Audi (R8 LMS), Porsche (Cayman GT4 Clubsport), Seat (Leon Cup) e, inclusive, a Skoda, que apesar de ser do mesmo grupo, tem o Fabia R5, que concorre diretamente com o Polo na categoria. Isso faz da marca uma das poucas que busca concorrer consigo mesma, mostrando que leva sério a competição e o desenvolvimento de seus produtos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.