Tamanho do texto

Fabricante não muda características do PCX, que parte de R$ 10.500, somente as cores entre as versões, como na Sport, de R$ 11.000

Honda PCX 150 2018: O scooter prático e acessível da marca japonesa, que conta com um público cativo
Divulgação
Honda PCX 150 2018: O scooter prático e acessível da marca japonesa, que conta com um público cativo

A divisão de motos da Honda apresenta a nova versão “Sport” do seu scooter PCX 150, bem sucedido no mercado de motos. Os preços variam entre R$ 10.500 na versão base STD e R$ 11.000 nas opções DLX e Sport, diferenciando-se apenas no pacote de cores. O lançamento conta com uma combinação de tonalidades em cinza fosco e linhas que mesclam o vermelho e o branco pelas carenagens. O resultado é uma moto moderna, acessível e econômica, que  carrega a essência da marca, bastante fidelizada pelo público do segmento dos scooters, mesmo sem ganhos de potência ou refinamento da ciclística, o que faria algum sentido para a sua proposta.

LEIA MAIS: Honda PCX chega à linha 2018 com novas opções de cores

Recursos

Os faróis da Honda em LED, lanterna e indicadores de direção são itens que auxiliam na melhor visibilidade e aumento da segurança em situações de baixa luminosidade. O mesmo se aplica nas lanternas de freio e iluminação da placa traseira, ambas em LED. O painel de instrumentos dispõe de relógio digital, além de velocímetro, medidor de combustível, luzes espia da injeção eletrônica, medidor de combustível e sistema de parada automática.


O painel é símples, mas completo. Tem relógio digital que inclui velocímetro, medidor de combustível e luz da injeção
Divulgação
O painel é símples, mas completo. Tem relógio digital que inclui velocímetro, medidor de combustível e luz da injeção

LEIA MAIS: Honda mostra linha 2018 da Biz, com uma série de novidades

Mecânica e eletrônica

A tecnologia de auxílio mecânico e ao motorista empregada na linha do scooter também inclui o sistema Idling Stop System , que interrompe o funcionamento do motor em paradas, como em um semáforo, com a proposta de  economizar combustível e reduzir as emissões de poluentes. Seu motor de 150 cc com injeção eletrônica produz, segundo declarações oficiais,13,6 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,41 kgfm a 5.250 rpm.

Tem compartimento abaixo do assento, com capacidade para acomodação de um capacete e outros pertences.
Divulgação
Tem compartimento abaixo do assento, com capacidade para acomodação de um capacete e outros pertences.

LEIA MAIS: Honda SH 150i, um scooter ágil e versátil

Segurança

Todas as PCX 150 recebem investimento em segurança, como um sistema de distribuição de frenagem independente, que imprime mais pressão em uma roda ou em outra, dependendo da necessidade de frenagem.

Porta objetos

Já a praticidade do scooter da Honda é marcado por um compartimento abaixo do assento, com capacidade para acomodação de um capacete e outros pertences. Na dianteira da carenagem, há ainda um porta objetos para itens menores, como carteira, celular e outros, além de tomada 12V.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.