Tamanho do texto

Selecionamos opções interessantes em todas as categorias para encerrar o ano de picape nova. Confira a lista

Comprar uma picape nunca é fácil. Quem pode (ou quer) gastar pouco, tem que optar pelas compactas, como Fiat Strada e Volkswagen Saveiro. Para ter mais espaço, teria que ir atrás de uma caminhonete média, como Chevrolet S10 e Toyota Hilux. Temos ainda o novo segmento dos modelos intermediários, liderados por Fiat Toro e Renault Oroch, que também acabam saindo por um valor salgado para aqueles que querem um veículo com caçamba e cheiro de novo. Mas não pense que você ficará desamparado, caro leitor: o jeito é partir para as picapes seminovas.

LEIA MAIS: Os 10 carros 1.0 mais econômicos do Brasil em 2017

É possível encontrar boas ofertas com até três anos de uso. Todas, por  até R$ 60 mil. Por esse preço, o máximo que conseguimos no mercado de novos pelo valor de tabela são versões de cabine estendida dos modelos compactos. Veja as nossas escolhas entre as picapes seminovas :

1 - Renault Duster Oroch Dynamique 2.0 2015/16 (Entre R$ 58 mil e R$ 60 mil)

Renault Duster Oroch: bom custo benefício entre as picapes seminovas
Divulgação
Renault Duster Oroch: bom custo benefício entre as picapes seminovas

Começamos com uma picape intermediária: a Duster Oroch chegou em 2015, antes de sua principal rival e atual líder de segmento, Fiat Toro. Isso significa que não é difícil encontrar um modelo na faixa dos 40 mil quilômetros, com todas as revisões feitas em concessionárias e ainda na metade da garantia de cinco anos. Os preços ficam na casa dos R$ 59 mil na versão Dynamique.

A Renault Duster Oroch vem equipada com motor 2.0, de 148 cv  e 20,9 kgfm de torque. O câmbio manual de seis marchas poderia ter trambulação mais suave, mas cumpre bem seu papel. É comum que donos da Oroch reportem ruído na bucha da bandeja nos fóruns da internet, portanto, fique atento a isso durante o test-drive. Tem 683 litros de capacidade.

2 - Ford Ranger 2.5 XLS C.S. 2012/13 (Entre R$ 51 e R$ 55 mil)

Ford Ranger: cabine simples, mas bom número de equipamentos
Divulgação
Ford Ranger: cabine simples, mas bom número de equipamentos

De fato, é difícil encontrar uma Ranger cabine simples pouco rodada. Mas vale a pena, já que mesmo a versão XLS, de cabine simples, vem bem equipada, com trio elétrico, rodas de liga leve, ar-condicionado, banco e volante com regulagem de altura e retrovisores elétricos.

LEIA MAIS: Fiat Toro enfrenta Renault Duster Oroch. Quem leva a briga?

Se procurar com calma, dá para achar um modelo 2013, com 60 mil quilômetros rodados, computador de bordo e sensor de estacionamento. O motor é 2.5 flex, de 173 cv de potência e 24,8 kgfm de torque com etanol, com câmbio manual de cinco marchas. Tem 1.800 litros de capacidade na caçamba.

3 - Volkswagen Saveiro Trendline C.S. 1.6 2016/17 (Entre R$ 41 mil e R$ 45 mil)

Volkswagen Saveiro: apenas o essencial para o trabalho
Divulgação
Volkswagen Saveiro: apenas o essencial para o trabalho

A Saveiro conquistou um histórico de confiança que começou nos anos 80. Eterna rival da Fiat Strada pela liderança no segmento das picapes pequenas, a picape da Volkswagen é outra que repete a fórmula de oferecer mais por menos nas revendas. Com R$ 45 mil, você poderá levar um modelo com motor 1.6, de 104 cv de potência e 15,6 kgfm de torque, ainda com cheiro de novo.

Evidentemente, a picape leve da VW acaba compensando o preço competitivo na quantidade de equipamentos. Espere apenas o básico do básico, mas ainda com direção hidráulica, vidros elétricos, computador de bordo simples e ar-condicionado. A caçamba da Volkswagen Saveiro tem 924 litros de capacidade, de acordo com a fabricante.

4 - Chevrolet S10 LS 2.4 4x2 C.S. 2014/14 (Entre R$ 54 mil e R$ 55 mil)

Chevrolet S10: uma opção mais nova e barata que a Ranger
Divulgação
Chevrolet S10: uma opção mais nova e barata que a Ranger

É possível encontrar uma Chevrolet S10 LS, 4x2, Cabine Simples, com o motor 2.4 flex de 147 cv e 24,1 kgfm de torque combinado ao câmbio manual de cinco marchas, por menos de R$ 60 mil. O preço acaba compensando pela quilometragem, ainda na casa dos 55 mil. E ela não fica devendo tanto assim nos equipamentos, com ar-condicionado, computador de bordo, banco com regulagem de altura, travas e vidros elétricos, e rádio com mp3.

LEIA MAIS: Quanto custa o seguro das dez picapes mais vendidas do Brasil?

Proprietários costumam reclamar de vibrações no câmbio, que podem ser sentidas em baixas rotações. Outros se queixam do retorno do problema, mesmo depois de uma passagem pela oficina da concessionária. Os 1.570 litros de capacidade na caçamba não chegam a encantar como na Ranger, mas estão de acordo com o segmento de picapes médias com cabine simples.

5 - Fiat Strada Adventure 1.8 C. D. 2016/16 (Entre R$ 57 mil e R$ 60 mil)

Fiat Strada Adventure: estilo, espaço interno e bons equipamentos
Divulgação/Fiat
Fiat Strada Adventure: estilo, espaço interno e bons equipamentos

Estilo aventureiro e espaço para cinco pessoas. Essa é a receita da Fiat Strada Adventure 1.8, com cabine dupla e porta do tipo "suicida". Fuja dos modelos automatizados e beberrões equipados com câmbio Dualogic. Em sua melhor forma, a Strada Adventure aparece com câmbio manual de cinco marchas. Com 132 cv de potência e 18,9 kgfm de torque, tem fôlego suficiente para enfrentar o trabalho pesado. A caçamba traz 680 litros de capacidade - a mesma da Renault Duster Oroch, de segmento superior.

Destaque para o bom número de equipamentos, com airbags frontais, cinto de três pontos para todos os ocupantes, direção assistida, ajuste de altura do banco do motorista e volante, ar-condicionado e faróis de neblina. Escolha uma unidade na casa dos 30 mil quilômetros rodados e revisões feitas em concessionária. Uma boa opção entre as picapes seminovas. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.