Tamanho do texto

Sedã de luxo aposta em novo motor V6, de 310 cv de potência. Será lançado no primeiro trimestre do ano que vem

Toyota Camry: nova geração do sedã feito sobre a nova plataforma TNGA ficou mais leve e esportiva que a anterior
Divulgação
Toyota Camry: nova geração do sedã feito sobre a nova plataforma TNGA ficou mais leve e esportiva que a anterior

Eis a nova geração do Toyota Camry, que chega ao Brasil no primeiro trimestre de 2018 por R$ 189.990. Dessa vez, a marca optou por melhorias significativas tanto no pacote conforto quanto desempenho. Oferecida na versão única XLE, a oitava geração do sedã de luxo é fabricada sobre a nova plataforma modular da Toyota, TNGA.

LEIA MAIS: Aceleramos a nova geração do Ford Mustang que chega ao Brasil em 2018

De acordo com a marca, o time de design apostou em linhas mais esportivas e arrojadas, com faróis com lâmpadas de xenônio e nova grade frontal. Em relação ao principal rival, Honda Accord EX V6, o Toyota Camry é mais ousado em sua proposta estilística. As linhas estão mais destacadas, com para-lamas largos e capô baixo. Destaque também para as rodas de liga leve aro 18 e a nova gama de cores externas: branco lunar, prata lumina, marrom grafite, e vermelho emoção. Prata, preto e azul noturno continuam integrando o portfólio da marca.

O Camry ganhou novo sistema multimídia, de oito polegadas, com DVD player e todas as conectividades básicas. Há também aplicativo de navegação e GPS. Entre os itens de conforto e conveniência, há ajustes elétricos de altura e profundidade do volante multifuncional com controles de áudio, telefone, velocidade de cruzeiro e computador de bordo. O banco do passageiro também vem com ajustes elétricos. Aos ocupantes do banco traseiro, há um novo painel de controle touch para acesso e regulagem de clima, áudio, reclinação de encosto por meio de regulagem elétrica e acionamento das cortinas elétricas de privacidade traseira.

LEIA MAIS: Volkswagen Jetta da nova geração aparece em esboço. Chega ao Brasil em 2018

O coração deste sedã de luxo é um V6, 3.5, de 310 cv de potência e 37,7 kgfm de torque. Para se ter uma ideia, são 30 cv a mais que o Honda Accord EX V6. O câmbio é sempre automático, de oito marchas. O Camry ganhou um novo sistema de variação de fase para admissão, que favorece o torque em altas velocidades. De acordo com o Inmetro, o consumo está na casa dos 8,3 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada. A suspensão, McPherson na dianteira e Double Wishbone na traseira, também foi adaptada para favorecer a estabilidade. De acordo com a Toyota, ambas utilizam amortecedores ajustados para proporcionar equilíbrio entre força e manipulação dinâmica.

Sedãs de luxo no Brasil

Ford Fusion: líder absoluto do segmento de sedãs médios grandes no Brasil tem versão 2.5 flex, de quatro cilindros
Divulgação/Ford
Ford Fusion: líder absoluto do segmento de sedãs médios grandes no Brasil tem versão 2.5 flex, de quatro cilindros

O segmento de sedãs de luxo no Brasil se transformou em um nicho para poucos competidores. Apenas Toyota Camry, Honda Accord, Ford Fusion e Volkswagen Passat são vendidos atualmente, e acabam esbarrando em preços com os sedãs médios premium. De acordo com a Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automtores), o destaque do segmento fica na conta do Ford Fusion, que vendeu 3.917 unidades entre janeiro e novembro de 2017. Em seguida, surge o Volkswagen Passat, com apenas 479 unidades acumuladas. A situação do Honda Accord também é complicada, com 114 emplacamentos ao longo do ano.

LEIA MAIS: Chevrolet Cruze volta a ser destaque entre os hatches médios em novembro

O Toyota Camry não aparece no ranking final da Fenabrave. Fica mais que evidente que o Ford Fusion tem uma imposição brutal sobre seu segmento. O sedã custa R$ 119.990, e fica na frente da concorrência graças às versões mais em conta, com motor 2.5 Flex. Honda, Toyota e Volkswagen continuam  interpretando sedãs de luxo como carros de nicho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.