Tamanho do texto

A tecnologia comandará os equipamentos do carro, gerenciará o celular, responderá o que você perguntar e atuará remotamente na casa

Projeção conceitual da Hyundai sobre interatividade, relacionada com os planos do comando de voz para 2019
Divulgação
Projeção conceitual da Hyundai sobre interatividade, relacionada com os planos do comando de voz para 2019

As duas grandes fabricantes coreanas, Hyundai e a Kia, vão começar a incluir a tecnologia de comando de voz em seus carros em 2019 e, até 2025, a assistência estará presente em todos os modelos. Como se fosse um secretário particular, o sistema por trás da tecnologia de comando de voz será um banco de dados inteligente, capaz de configurar os comandos do carro (como acender e apagar luzes, ajustar o ar condicionado, teto solar, entre outros itens), assim como do multimídia (podendo selecionar músicas, sugerir rotas no GPS), bem como efetuar ligações, agendar e lembrar compromissos, pela conectividade com o celular. 

LEIA MAIS: Como a falta de infraestrutura atrasará a chegada de carros autônomos ao Brasil?

Além de executar tarefas mais diretas nos modelos da  Hyundai e Kia, no celular e na casa, o sistema será um “sabe tudo”, já que poderá extrair informações em tempo real via sobre qualquer coisa que quiser saber. “O melhor restaurante vietnamita em São Paulo”, “a previsão do tempo da quinta que vem”, o ponto de ônibus mais próximo do aeroporto no Alasca (EUA)”, ou “como cozinhar uma peixada deliciosa”. Tudo o que perguntar o sistema irá pesquisar e falar para você a resposta mais precisa que encontrar na internet.

LEIA MAIS: Renault elétrico, confortável e totalmente autônomo poderá ser vendido em 2023

Inteligência artificial nos carros

Se no mundo das motos conceituais há sistemas de inteligência artificial autônomos que impedem que elas caiam, nos carros, o que há de mais avançado são os sistemas autônomos, que ainda não podem ser equipados nos modelos de produção por questões legais, falta de plataformas de transmissão de dados de internet, bem como infra-estrutura adequada das vias, no caso do Brasil. Apesar disso, os testes realizados com esses sistemas de inteligência artificial se mostram eficazes ao guiar o carro sem a necessidade de intervenção humana.

LEIA MAIS: Yamaha apresentará moto com inteligência artificial em Tóquio

A tecnologia que será usada pela Hyundai e Kia é baseada no Houndify, plataforma inteligente que conta com sistema de programação, reconhecimento de voz e de língua, autonomia para interpretar, pesquisar, responder, conectar-se com equipamentos e comandá-los. Segundo declarações da empresa, seu produto é quatro vezes mais capaz e eficiente que outras similares, como a Siri (Apple), Google e Cortana (Microsoft).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.