Tamanho do texto

O Volvo XC40 receberá equipamentos de segurança sofisticados e tecnológicos. Chegará às lojas do Brasil no mês de abril

Volvo XC40: Terá conjunto óptico e faróis de neblina em LED, com diferentes atividades de funcionamento
Divulgação
Volvo XC40: Terá conjunto óptico e faróis de neblina em LED, com diferentes atividades de funcionamento

A Volvo inicia a pré-venda do XC40, que será o menor SUV da marca. Com preços a partir de R$ 169.950, seu lançamento está marcado para abril. O modelo contará com direção semi-autônoma e estará disponível nas versões T4 (quatro cilindros, turboalimentado, com 190 cv e 30 kgfm), T5 Momentum e T5 R-Design (cinco cilindros, turbo, com 252 cv e 35 kgfm), bem como nas edições especiais T5 Momentum First Edition e T5 R-Design First Edition. As duas “First Edition” vão trazer um pacote de equipamentos que inclui câmera 360°, assistente de estacionamento paralelo e perpendicular, sistema de alerta de ponto cego com alerta de tráfego, bancos dianteiros com aquecimento, bancos traseiros rebatíveis eletricamente com acionamento pelo porta-malas e sistema de alerta em caso de colisão traseira.

LEIA MAIS: Volvo XC60 R-Design: O SUV com ares esportivos atinge a sua melhor forma

A preocupação da Volvo por segurança seguirá nos equipamentos auxiliares. O XC40 terá mitigação de pista oposta, que ajudará os motoristas a evitarem colisões com veículos que se aproximarem na pista contrária, ao avisar que o carro está invadindo a faixa oposta, bem como oferecer suporte automático à direção, que conduz o carro de volta à sua própria pista. O sistema é ativado entre 65 e 140 km/h. Além disso, terá alerta de mudança de faixa, sistemas de proteção contra impactos laterais e lesões na coluna cervical e, por fim, controle de cruzeiro adaptativo, que ajusta a velocidade e a distância a ser mantida em relação ao carro da frente, acelerando ou freando automaticamente.

LEIA MAIS: Volvo XC90 2018 é revelado com novos equipamentos, mais luxo e modernidade

O Volvo terá conjunto óptico e faróis de neblina em LED, que contará com quatro atividades de funcionamento. São elas: luzes auto-direcionais que acompanham o giro do volante, sistema automático que adapta a luz alta para evitar o ofuscamento em outros veículos, nivelamento automático do facho do farol (de acordo com a carga do veículo) e acendimento automático, no qual a luz diurna é pensada para contribuir com a visualização do veículo, mesmo em dias muito claros. Além disso, terá feixes de LED nas lanternas traseiras e, na versão R-Design, tetos com cores diferentes e equipados com barras de alumínio.

LEIA MAIS: Audi Q3 1.4 Ambition: como anda o SUV premium mais vendido do Brasil

Interior: entretenimento e conectividade

Além de vários porta objetos e, segundo declarações oficiais, espaço interno otimizado, terá central multimídia de LCD sensível ao toque, com 9 polegadas (ou opcional de 12 polegadas). O sistema terá funções de navegação e o “ Volvo On Call  ”, um serviço concierge de segurança, proteção e conveniência que oferece assistência 24h, auxílio de emergência e localização, em caso de roubo ou furto. Como no XC60 e XC90, será possível conectar o celular ao sistema através do Apple CarPlay e Android Auto. O som High Performance System, com 8 alto-falantes de 250 W de potência, é o escolhido pela marca para equipar a versão Momentum. Enquanto isso, a R-Design terá Harman Kardon, que contará com 13 alto-falantes e um subwoofer, totalizando 600 W de potência.

Conjunto mecânico inteligente

O SUV chegará com tração integral 4x4 e aliado a um sistema que calcula constantemente a distribuição de tração entre os eixos, de modo a otimizar o desempenho e a estabilidade durante a aceleração, curvas e a desaceleração. Além disso, contará com diferentes modos de condução, totalizando cinco. Eles ajustam parâmetros relacionados à resposta do motor, agilidade de troca de marchas, ajuste de esforço da direção, resposta dos freios e controle de estabilidade. São eles: Eco , que privilegia economia de combustível; Comfort , que prioriza suavidade nas reações do veículo; Off-road , para transitar fora de estrada; Dynamic , para uma condução mais esportiva e Individual , que permite o condutor customizar a configuração de cada conjunto do carro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.