Tamanho do texto

O menor sedã da marca ganha visual mais moderno, mas segue com suas linhas sóbrias. Além disso, contará com nova central multimídia

O visual do Honda City 2018 fica mais imponente, carregando a identidade das novas gerações dos carros da marca
Divulgação
O visual do Honda City 2018 fica mais imponente, carregando a identidade das novas gerações dos carros da marca

O Honda City 2018, que chegará às lojas em fevereiro, vem com nova reestilização no exterior e mais equipamentos. Fora do carro, nota-se que a grade frontal fica mais encorpada, os faróis agora tem filites de LED, as rodas de liga leve crescem de 15 polegadas para 16 polegadas e as entradas de ar dianteiras ganham mais abertura, apesar dessa última modificação visual ser apenas estética, e não funcional. Atrás, as lanternas e o para-choque são novos, mais definidos, mas que ainda carregam a identidade do sedã. Entretanto, ainda sim, o carro segue com os mesmos ares sóbrios da geração anterior.

LEIA MAIS: Honda Fit EXL 2018: avaliamos em detalhes a versão topo de linha do hatch

Dentro do Honda City 2018, encontra-se a mesma central multimídia que equipa o Fit, desta vez mais moderna que a utilizada na geração anterior. Com tela sensível ao toque, GPS integrado, entrada USB, bem como compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto, a facilidade e a intuitividade durante o uso do sistema será maior. Apesar da Honda não ter revelado mais detalhes sobre os recursos tecnológicos e opcionais, a julgar pelo modelo vendido na Tailândia (já reestilizado), o sedã terá câmera de ré, assistente de partida em rampa, além de controles de tração e estabilidade, bem como airbags laterais e de cortina, como opcionais.

LEIA MAIS: Desacato a autoridade: veja 5 motivos para comprar Civic e não Corolla

O mesmo motor

Apesar das novidades do visual, o City deve continuar sem novidades no motor 1.5 e nas duas caixas de câmbio que atualmente estão disponíveis: manual de cinco marchas e automático CVT com hastes no volante para trocas sequenciais. Portanto, o carro terá apenas as mudanças no desenho para ganhar apelo na briga com os rivais, como os novos Fiat Cronos e Volkswagen Virtus.

LEIA MAIS: Honda WR-V, HR-V e CR-V: entenda em detalhes as diferenças entre os três

A fim de manter o suspense e a curiosidade no ar, o Honda City 2018 só terá o restante dos detalhes revelados em fevereiro, durante seu lançamento nas concessionárias. Com isso, ainda ficamos no aguardo para saber dos preços que irão etiquetar cada uma das versões do sedã de entrada da marca japonesa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.