Tamanho do texto

Nem sempre a versão mais cara e equipada é a que compensa mais para o seu perfil. Saiba quais são os modelos mais interessantes

Há um motivo para que estes cinco modelos apareçam entre os carros mais vendidos do Brasil: o bom custo-benefício. É preciso ser bem racional, e colocar todas as versões possíveis no papel para concretizar a melhor compra. Como andamos em várias versões de todos os carros mais vendidos do Brasil, a reportagem do iG Carros enumera quais são as melhores para o seu gosto (ou bolso). Dispense obviedades, pois nem sempre a versão mais cara e equipada é a que compensa mais.

LEIA MAIS: Novo C4 Lounge agrada pelo custo-benefício. Confira a avaliação

1 - Chevrolet Onix 1.4 LT manual (com opcionais) - R$ 53.390

Chevrolet Onix
Divulgação
Chevrolet Onix

Para levar um Chevrolet Onix com câmbio automático para casa é preciso desembolsar mais de R$ 58 mil, dispensando o sistema MyLink, bem como o interessante Chevrolet OnStar. Por conta disso, entre todas as versões do carro mais vendido do Brasil, a que recomendamos é a LT manual com motor 1.4, de 106 cv e pacote de opcionais que inclui central multimídia e sistema concierge .

Nessa versão, ele integra direção elétrica progressiva, sensor de estacionamento traseiro, trava elétrica nas portas e vidros elétricos com função de um toque e sistema antiesmagamento. Destacamos também a tela de sete polegadas sensível ao toque, com conectividade para Android Auto e Apple CarPlay. Por R$ 53.390, o Onix 1.4 LT se torna um ótimo negócio.

2 - Hyundai HB20 1.6 Comfort Plus manual - R$ 53.700

Hyundai HB20 1.0 Comfort Plus
Divulgação
Hyundai HB20 1.0 Comfort Plus

O HB20 automático não é dos carros mais em conta do Brasil. No caso da versão Comfort Plus automática, são nada menos que R$ 58 mil e o consumo é maior que na vversão manual, tambeem de seis  marchas, com motor 1.6 de 128 cv. Por isso, a compra que nossa reportagem recomenda é a versão Comfort Plus manual, e cheia de equipamentos.

LEIA MAIS: Volkswagen revela primeiros esboços do SUV Tarek que virá ao Brasil

A Hyundai investiu com bom computador de bordo, com sete funções. Entre as quais, conta com autonomia, consumo médio e instantâneo, tempo de viagem e aviso de revisão. Na parte de entretenimento, o HB20 1.6 Comfort Plus traz rádio integrado ao painel com conexões Bluetooth, streaming de áudio, MP3 player, USB e auxiliar. Há também comandos de voz no volante. Prato cheio para você, que procura por uma versão bem equipada e dispensa o câmbio automático.

3 - Ford Ka SEL 1.0 - R$ 52.990

Ford Ka
Divulgação
Ford Ka

Entre os carros básicos, a versão SEL do Ka é a única que conta com controle de estabilidade e tração entre os modelos compactos 1.0 com motor aspirado. Isso se traduz em mais segurança para a sua família, garantindo um percurso tranquilo e sem sustos.

Além de ESP, o Ka SEL também integra bancos revestidos em couro, computador de bordo, direção elétrica, retrovisores elétricos e faróis de neblina dianteiros. Por R$ 52.990, trata-se de um bom custo benefício, mesmo equipado com motor 1.0, de 85 cv de potência.

4 - Volkswagen Polo 1.6 MSI (com opcionais) - R$ 56.690

Volkswagen Polo 1.6 MSI
Renato Maia
Volkswagen Polo 1.6 MSI

O Polo Highline é cheio de tecnologia, ainda mais com o motor 1.0 TSI que prioriza o desempenho. Mas a relação entre custo e benefício da versão topo de linha não é tão interessante quanto a 1.6 MSI com pacote Connect Pack. Além de manter o conforto ao dirigir, com engates macios e precisos, ele não faz feio no consumo.

A Volkswagen divulga que o hatch compacto premium faz 12,1 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada com gasolina. Portanto, trata-se de uma boa opção de hatch compacto abaixo dos R$ 60 mil por ter mostrado um conjunto bem acertado por um preço interessante e que vem com uma pacote de equipamentos que atende aos anseios de quem está procurando por um hatch moderno e eficiente.

5 - Renault Kwid Zen - R$ 35.350

Renault Kwid Zen
Cauê Lira
Renault Kwid Zen

De início, achávamos que a versão Intense, a mais cara, seria também a mais interessante do Kwid. Mas quem realmente precisa de câmera de ré para estacionar um carrinho de 3,6 metros? O Kwid cabe em absolutamente qualquer vaga, e algumas pessoas querem apenas um sistema de som decente com conectividade Bluetooth.

LEIA MAIS: Renault Kwid Zen vale R$ 35 mil? Veja na avaliação

Eis que fica o questionamento: qual a razão de gastar quase R$ 40 mil no simplório Kwid topo de linha ou em outras versões, se você pode levar o modelo Zen por aproximadamente R$ 5 mil a menos? O Kwid Zen é um citycar ágil e honesto graças ao seu baixo peso (menos de 800 kg) e o motor 1.0 de 70 cv de potência. Econômico e dinâmico para a cidade, é uma alternativa para quem não quer gastar muito.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.