Tamanho do texto

Usará a mesma plataforma MLB-Evo do novo Lamborghini Urus, Bentley Bentayga e o Audi Q7. O objetivo? Alto patamar de luxo, mas com discrição

O Audi Q8 conta com linhas e curvas similares às de um cupê. A suavidade das curvas contribui com a aerodinâmica
Divulgação
O Audi Q8 conta com linhas e curvas similares às de um cupê. A suavidade das curvas contribui com a aerodinâmica

O Audi começa a mostrar a versão de produção do seu maior SUV, o Q8. O carro está sendo mostrado na nova série que será veiculada no You Tube e cujo primeiro episódio é intitulado "Unleashed the Tough". O novo modelo está em desenvolvimento para se tornar o mais novo SUV topo de linha da marca alemã. Apesar de somente a versão conceitual ter sido divulgada, sabe-se que usará a mesma plataforma MLB-Evo do novo Lamborghini Urus, Bentley Bentayga e Audi Q7. A proposta é de de produzir um carro em um alto patamar de luxo, mas com aparência mais discreta do que se fosse um Bentley, por exemplo.

LEIA MAIS: Lamborghini Urus é finalmente revelado, com motor de 660 cv. Veja galeria

Em seu visual, é evidente que o caimento mais acentuado do teto e o vinco logo abaixo dos vidros dão ares de cupê. Além disso, as caixas de rodas grandes, as saídas de escape integradas ao para-choque e uma enorme grade com faróis bem estreitos dão uma aparência mais robusta. O capô longo leva a um para-brisa bem inclinado, para deixar o teto mais baixo, dar um visual mais esguio do que o do Audi Q7 e, também, aprimorar a forma com a qual o ar deslizará sobre a carroceria.

LEIA MAIS: Bentley revela versão híbrida do SUV de luxo Bentayga, no Salão de Genebra

No interior, receberá equipamentos como o painel digital Virtual Cockpit, com tela de 12,3 polegadas e botões sensíveis ao toque. Além disso, quanto ao motor, as expectativas giram em torno de um 2.0 turbo para a versão mais em conta, capaz de gerar 260 cv; um híbrido, o qual combinará um 3.0 V6 turbo a um motor elétrico, para produzir entre 400 e 450 cv; além da versão esportiva RS, usando o mesmo motor 4.0 V8 do Urus, mas agora com potência entre 600 e 650 cv.

Palácio de Buckingham

Rolls-Royce Cullinan: Para desespero dos puristas, eis o primeiro SUV da tradicional marca inglesa
Divulgação
Rolls-Royce Cullinan: Para desespero dos puristas, eis o primeiro SUV da tradicional marca inglesa

Apesar da essência fortemente britânica, toda a sua engenharia é alemã, desta vez desenvolvida pelo grupo BMW. Estamos falando do Rolls Royce Cullinan, o primeiro utilitário esportivo da marca de luxo inglesa, feita com base no sedã Phantom. Tanto o chassi quanto os outros componentes mecânicos foram reutilizados, uma vez que eles já são o mais alto nível de desenvolvimento disponibilizado pela marca.

LEIA MAIS: Range Rover SVAutobiography 2018 virá ao Brasil por mais de R$ 1 milhão

Descrito pela marca como “ o casamento entre luxo e off-road”, os interessados já podem visitar a concessionária mais próxima para conhecê-lo um pouco melhor. Grade dianteira robusta e cromada com faróis retangulares, bem como o “espírito do êxtase” dando o ar da graça na ponta do capô. O Cullinan começa a se diferenciar dos outros sedãs da Rolls-Royce na traseira, principalmente por conta das lanternas em tamanho reduzido. Dessa forma, o novo SUV parece ainda maior.

Com 5,34 metros de comprimento (apenas 42 cm mais curto que o sedã Phantom)  2,16 metros de largura e 1,83 de altura, o Cullinan se mostra um dos SUVs mais espaçosos de seu segmento. A abertura suicida das portas facilita o acesso de motorista e passageiros, bem como a suspensão a ar que baixa alguns centímetros com o carro estacionado.

LEIA MAIS: Porsche mostra nova geração do Cayenne Turbo no Salão de Frankfurt

E quando nos voltamos ao interior, nos deparamos com uma megalomania. Há revestimento em couro premium contrastando com madeira texturizada de altíssima qualidade. Ao menos no resto do mundo, a maior parte dos donos de Rolls-Royce andam no banco traseiro. Este pode ser dividido ao meio, integrando um bar abaixo do console que conta até mesmo com taças de champagne.

Tal como as versões mais potentes do Audi Q8, o Cullinan também traz números de esportivos. Conta com um motor V12 6.7, que desenvolve 571 cv e 86,6 kgfm de torque, com câmbio automático de oito marchas. De acordo com a Rolls-Royce, a suspensão traz câmaras de ar maiores do que as que já equipam o Phantom, bem como amortecedores adaptáveis. Dessa forma, o Cullinan tem disposição para enfrentar qualquer tipo de piso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.