Tamanho do texto

Fabricantes passam a investir em novas formas de comunicação, como feiras de tecnologia. Confira mais informações

FCA entra no bonde das marcas que não estarão no Salão de Paris de 2018. Lista de desistências está cada vez maior
Divulgação
FCA entra no bonde das marcas que não estarão no Salão de Paris de 2018. Lista de desistências está cada vez maior

Dezenas de marcas já anunciaram que não estarão no Salão de Paris (França), um dos eventos automotivos mais importantes do planeta. Depois de Volkswagen, Mitsubishi, Opel, Volvo e Nissan, a bola da vez é o Grupo FCA, que comanda marcas como Fiat, Chrysler, Jeep e Alfa Romeo. Com a confirmação de que a fabricante não estará no evento, falta apenas o veredito da BMW.

LEIA MAIS: Porsche Panamera E-Hybrid não liga para a falta de combustível nos postos

A ausência completa do Grupo FCA é uma iniciativa drástica, considerando a abordagem das rivais. A própria Volkswagen, que não estará no evento pessoalmente, terá as suas representantes Audi, Skoda, Seat e Porsche. Com este fenômeno, ganha força a estratégia de que as fabricantes passarão a investir em outras formas de comunicação, como eventos próprios ou participações em feiras de tecnologia mais simples.

Um bom exemplo da mudança de foco das montadoras sobre os Salões do Automóvel espalhados do mundo aconteceu em janeiro. Foram poucas as novidades mostradas durante o Salão de Detroit (EUA), que foi ofuscado pelo Consumer Electronics Show, em Las Vegas.

LEIA MAIS: Ford Ka Freestyle mostra como será a nova família do compacto

O Salão de Detroit contou com pouquíssimas novidades em relação ao que costumava aparecer por lá no passado. Este ano, o maior alvoroço foi causado pela homenagem ao Ford Mustang Bullitt, apenas uma edição especial do muscle car. Os grandes executivos da maior parte das montadoras também deram preferência à feira de tecnologia que contou com a apresentação de diversos conceitos interessantes. A Toyota, por exemplo, mostrou o e-Pallete, que estuda um food truck elétrico. A Ford rebateu com um carro autônomo para entregar pizza, sem falar no taxi voador da Uber, desenvolvido em parceria com a Bell Helicopter.

O Salão de Paris de 2018 acontecerá entre os dias 2 e 14 de outubro, contando com as participações de Hyundai, Toyota, Kia, Land Rover, Mercedes-Benz, Jaguar, Peugeot, Citroën, Renault, entre outras.

Salão do Automóvel de São Paulo

Salão do Automóvel: responsáveis pelo evento se mostraram otimistas com os resultados que deverão conseguir
Divulgação
Salão do Automóvel: responsáveis pelo evento se mostraram otimistas com os resultados que deverão conseguir

Você já pode adquirir o seu ingresso para o Salão do Automóvel de São Paulo, que abrirá suas portas para o público entre os dias 8 e 18 de novembro. Teremos a participação de mais de 30 marcas, sendo que apenas Volvo, Jaguar Land Rover, JAC, Peugeot e Citroën ainda não deram um parecer sobre suas participações. Os valores das entradas variam entre R$ 42 e R$ 3.500.

LEIA MAIS: Falta combustível? Veja os 5 hatches compactos mais econômicos do Brasil

Entre as principais diferenças da próxima edição do evento para o de 2016 está a maior área para test drive, que passou de 10 mil m2 para 23 mil m2. Uma pista com quase 2 quilômetros de extensão será utilizada para acelerar. Haverá também uma área exclusiva para avaliar carros elétricos e híbridos como BMW i3, Renault Zoe, Kia Soul EV e Chery Arrizzo 5. A FCA também poderá montar uma pista off-road para os carros da Jeep na área externa, onde o Wrangler será o grande protagonista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.