Tamanho do texto

Uma vez que o 1º exemplar já não conserva mais muitas das características originas de quando saiu da fábrica, a Porsche colocou suas mãos à obra

Apesar de bastante icônico e especial para a própria fabricante, o foco é a própria 1ª unidade produzida do Porsche 356
Divulgação
Apesar de bastante icônico e especial para a própria fabricante, o foco é a própria 1ª unidade produzida do Porsche 356

A Porsche está em busca de suas origens, quando, em 1948, lançou seu primeiro modelo: o Type 356 Roadster. Entretanto, almejam não qualquer 356, mas o Chassis Nº1. Assim, está lançado o desafio, uma vez que o modelo original já foi modificado, restaurado e atualizado ao longo de seus 70 anos de vida. A solução? Recriá-lo fielmente a partir da forma com a qual saiu da linha de montagem. A reconstrução do Porsche 356 realmente parece ser um tanto quanto trabalhosa.

LEIA MAIS: Porsche celebra 70 anos de mercado e fala sobre o que está por vir 

Essa foto pode sugerir que, não só as suas origens, mas a popularidade pode ser uma forte ligação com o Fusca
Divulgação
Essa foto pode sugerir que, não só as suas origens, mas a popularidade pode ser uma forte ligação com o Fusca

Para isso, a fabricante começa com uma reprodução por escaneamento 3D em tamanho real, a partir de fotos e desenhos do exemplar de Nº 1. Em seguida, é esculpido em um bloco de espuma, uma técnica bastante utilizada nos primeiros estágios de criação de um carro. Uma vez que as dimensões estão prontas, a carroceria de alumínio é moldada à mão com ferramentas em madeira. Já a sua cor, é adquirida por amostras em locais da carroceria do  Porsche 356 original, tais como por trás do painel, onde não teria sido repintado.

LEIA MAIS: Porsche 901, o raro “pai” do 911, é restaurado e vai para o museu da fabricante

A réplica irá participar de um tour, o qual terminará em uma cerimônia no museu da Porsche em Stuttgart-Zuffenhausen (Alemanha), no dia 8 de junho. Além disso, fará parte de eventos como o Goodwood Festival of Speed (12-15 de julho) - uma série de desfiles de carros icônicos - do Porsche Rennsport Reunion (27-30 de setembro), no Autódromo de Laguna Seca (EUA) - evento que reunirá os carros da marca, com diversos proprietários - e o Salão do Automóvel da China, em Guangzhou, entre os dias 15 e 25 de novembro.

LEIA MAIS: Porsche raro é arrematado pela quantia de US$ 16 milhões em leilão 

Início de novas eras para a Porsche e para o automobilismo

O esportivo visto de cima, que pelo que parece, foi retratado em sua época de origem, no fim da década de 40
Divulgação
O esportivo visto de cima, que pelo que parece, foi retratado em sua época de origem, no fim da década de 40

Muito antes da lenda 911 ganhar vida, o 356 foi o modelo da Porsche que fez história entre os anos de 1948 e 1965. Foi apresentado com um chassi especialmente desenvolvido para abrigar seu motor VW de 1.086cm³, capaz de gerar 40 cv. Diferente do Type 64, carro que lhe deu inspiração, o 356 vinha com o motor e tração na porção traseira, tal como os Fusca.

LEIA MAIS: Aceleramos o Porsche Panamera E-Hybrid, que une esportividade à economia 

Anos depois, entra para o acervo da Porsche a mesma perspectiva, que marca a volta da fabricante às origens
Divulgação
Anos depois, entra para o acervo da Porsche a mesma perspectiva, que marca a volta da fabricante às origens

Entre 1948 e 1950 foram fabricadas 47 unidades do Porsche 356 , mas com o aumento da demanda, o carro passou a ser fabricado em outra fábrica maior da Porsche, em Zuffenhausen, no subúrbio de Stuttgart, na Alemanha. Com o tempo, o então motor de 1.1 litro seria substituído por um 1.4. Com a nova motorização, o esportivo ganhou também inovações estruturais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.