Tamanho do texto

Nova aliança estratégica entre as duas fabricantes está em estudo para fortalecer a competitividade de ambas

Aliança VW e Ford não vai acabar com a briga no segmento dos compactos. Apenas buscará eficiência entre os  utilitários
Caue Lira/iG
Aliança VW e Ford não vai acabar com a briga no segmento dos compactos. Apenas buscará eficiência entre os utilitários

Para fortalecer a competitividade das matrizes da Volkswagen e Ford ambas as companhias assinam um Memorando de Entendimentos que abre a possibilidade de formarem uma aliança para, inclusive, trabalharem em conjunto em projetos de veículos comerciais. O comunicado divulgado à imprensa também diz que a possível aliança VW e Ford não envolverá acordos acionários, o que inclui participações proprietárias cruzadas.

LEIA MAIS: Aliança Renault-Nissan pede passagem entre os maiores fabricantes do mundo

De acordo com o presidente de mercados globais da Ford, Jim Farley, a marca está empenhada em melhorar a qualificação como negócio e considera trabalhar com parceiros para aumentar sua eficiência. E que a potencial aliança VW e Ford poderá criar uma nova linha de produtos vencedores.

Por sua vez, o diretor de Estratégia do Grupo Volkswagen, Dr. Thomas Sedran, explicou que as demandas no mercado têm sofrido mudanças muito rápidas e para se adaptar ao ambiente desafiador é preciso ganhar flexibilidade com ajuda de alianças.

LEIA MAIS: ara onde vai a Ford no Brasil e no mundo? Momento é delicado para a marca

O executivo complementou dizendo que a parceria com a Ford deverá ser uma oportunidade para melhorar a competitividade das duas fabricantes.


Outras alianças

Fiat e Chrysler formaram aliança e anunciaram parceria com a BMW no desenvolvimento de plataforma autônoma
Divulgação
Fiat e Chrysler formaram aliança e anunciaram parceria com a BMW no desenvolvimento de plataforma autônoma

Formar alianças tem se tornado bastante comum na indústria automotive a há tempos. Temos várias delas, como a FCA (Fiat Chrysler Automóveis), Renault-Nissan-Mitsubishi, Hyundai-Kia, entre outras. Na maioria das vezes, a estratégia gera bons resultados. No caso do grupo franco-japonês, o volume mundial de vendas em 140 mercados beira 1 milhão de unidades por mês.

LEIA MAIS: Como fica a briga das marcas emergentes e das marcas premium para este ano?

Recentemente, a FCA fechou uma parceria com a BMW para atuar no segmento de carros autônomos. A aliança também inclui a participacão das empresas Intel e Mobileye para desenvolver uma plataforma autônoma para fins comerciais, reduzindo custos e aumentando escala.  O resultado da parceria serão veículos autônomos com dispositivos de níveis 3,4 e 5, que deverão aparecer no mercado a partir de 2021. 

Portanto, a possível aliança VW e Ford deverá ser mais uma parceria que será formada para unirem forças em um momento de grandes transformações no cenário automotivo no mundo, em que é possível rever planos e adotar novas estratégias para garantir mais eficiência e continuar competivo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.