Tamanho do texto

Eis os modelos que garantem melhor valor de revenda no Brasil

Hatches médios não empolgam nas vendas há alguns anos. O segmento que já representou 6% do mercado brasileiro em 2008 tem apenas 0,7% de participação dez anos depois, conforme o levantamento publicado pela Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos). Mas eles continuam sendo opções confortáveis, potentes e espaçosas para quem realmente curte a experiência de guiar.  Porém, é bom ficar atento para garantir um dos hatches médios que menos desvalorizam.

LEIA MAIS: Redação do iG elege os carros dos sonhos

A KBB Brasil, site especializado em avaliações do mercado automotivo, publicou o levantamento dos hatches médios que menos desvalorizam ao longo dos anos. Por se tratar de um segmento mais elevado e exclusivo, foram consideradas algumas marcas premium de destaque no Brasil.

5 - Volvo V40 Kinetic - desvalorização de - 11,34%

O sofisticado Volvo V40 abre a lista dos hatches médios que menos desvalorizam
Divulgação
O sofisticado Volvo V40 abre a lista dos hatches médios que menos desvalorizam

Entre os poucos hatchbacks médios de luxo disponíveis no Brasil, surge o V40 da Volvo . Para tirar o modelo 2019 da concessionária, você terá que desembolsar R$ 137.950. As unidades 2018 já podem ser encontradas por R$122.300 no mercado de seminovos, conferindo desvalorização de -11,34%. Com dois anos de uso, a perda no valor é de -20,26%.

As versões básicas surgem com motor 2.0 turbo, de quatro cilindros, com 190 cv e 30,6 kgfm de torque. O modelo topo de linha, R-Design, traz uma unidade 2.0, turbo, de 245 cv e 35,7 kgfm de torque entre 1.500 e 4.800 rpm, números suficientes para acelerar de 0 a 100 km/h em 6,3 segundos.

4 - Audi RS3 Sportback - desvalorização de -7,57%

Audi RS3 é um representante dos esportivos entre os hatches médios que menos desvalorizam
Divulgação
Audi RS3 é um representante dos esportivos entre os hatches médios que menos desvalorizam

Representando o time dos esportivos, eis o hatchback mais insano vendido no Brasil. O Audi RS3 pode ser encomendado por R$ 329.990, pulando para R$ 305.000 com apenas um ano de uso. A desvalorização é de -7,57% no primeiro ano e -11,82% no ano.

LEIA MAIS: Confira 5 carros de playboy que causaram em suas respectivas épocas

Este é, basicamente, um supercarro vestido de hatchback. Com 400 cv de potência, sistema de tração integral, câmbio de dupla embreagem, de 7 marchas e a promessa de entregar alto desempenho, o modelo é capaz de atingir 100 km/h em 4,1 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente.

3 - Peugeot 308 2.0 Allure - desvalorização de -5,80%

O quase  esquecido Peugeot 308 é um dos hatches médios que menos desvalorizam
Divulgação
O quase esquecido Peugeot 308 é um dos hatches médios que menos desvalorizam

Muitos dizem que carros de marcas francesas desvalorizam consideravelmente, mas há uma boa notícia para quem sair da concessionária de 308. O modelo parte de R$ 85.990 e passa a custar R$ 81 mil no primeiro ano de uso. São apenas -5,80% de desvalorização, que contrastam com os -14,52% do segundo ano.

Seu conjunto mecânico traz o bom 1.6 THP, que desenvolve 173 cv de potência e 24 kgfm de torque, aliado ao câmbio automático de seis velocidades. De acordo com a fabricante, a aceleração de 0 a 100 km/h pode ser feita em 8,3 segundos.

2 - Ford Focus SE 2.0 - desvalorização de -5,20%

Um dos hatches médios que menos desvalorizam é o Focus. O modelo, infelizmente, está condenado no Brasil
Divulgação
Um dos hatches médios que menos desvalorizam é o Focus. O modelo, infelizmente, está condenado no Brasil

Aproveite o Focus enquanto ainda o temos disponível no mercado. Com preço sugerido de R$ 78.900, o hatchback médio da Ford passa a custar R$ 74.800 no primeiro ano de uso. Neste caso, a desvalorização é de - 5,20%, pulando para apenas -7,10% no segundo.

Você pode comprar o Focus com motor 1.6 Sigma Flex, de 135 cv nas versões mais básicas e 2.0 Direct Flex, de 178 cv, entre as topo de linha. Feito na Argentina, ainda é dúvida se o Focus continuará sendo vendido na América do Sul. O motivo? Basta ler o primeiro parágrafo desse texto.

1 - VW Golf GTI 2.0 - desvalorização de -1,94%

VW Golf GTI é um de nossos carros favoritos, e o destaque entre os hatches médios que menos desvalorizam
Carlos Guimarães/iG
VW Golf GTI é um de nossos carros favoritos, e o destaque entre os hatches médios que menos desvalorizam

Eis o motivo de nenhum integrante de nossa redação estar desfilando de GTI seminovo: ele desvaloriza muito pouco. Ele sai da concessionária da Volkswagen pela paulada de R$ 143.790, caindo para R$141.000 com apenas um ano de uso. A desvalorização, conforme a KBB, é de -1,94% no primeiro ano. Em contraste, ele perderá -17,31% entre o primeiro e o segundo ano completo de uso.

LEIA MAIS: Golf GTI 2019: a lenda do último esportivo de sua época

O último esportivo de sua categoria surge com insolente motor 2.0, quatro cilindros, turbo de 230 cv de potência e 35,1 kgfm de torque. De acordo com a Volkswagen, o destaque entre os hatches médios que menos desvalorizam pode disparar de 0 a 100 km/h em apenas 7 segundos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.