Tamanho do texto

De olho no Tesla Model X, chegará aos Estados Unidos, provavelmente em 2019, a partir do equivalente a R$ 310 mil. Saiba mais detalhes da novidade

e-tron é o novo SUV elétrico da Audi; o primeiro 100% elétrico desde o R8 e-tron
Divulgação
e-tron é o novo SUV elétrico da Audi; o primeiro 100% elétrico desde o R8 e-tron

O SUV elétrico da Audi, conhecido como e-tron, surge em suas primeiras imagens oficiais antes do lançamento, que deverá ser no ano que vem. Será o primeiro modelo exclusivamente elétrico da marca das quatro argolas, se não considerarmos o fiasco de vendas que foi o R8 e-tron. Com a nova investida, a Audi tem dois alvos claros em mente: o Mercedes-Benz EQC e o consagrado Tesla Model X .

LEIA MAIS: Ford terá SUV elétrico baseado no Mustang

Apesar das imagens, poucas informações sobre o novo SUV elétrico da Audi foram reveladas. Sabemos que ele funcionará por meio de dois motores sincronizados, com uma generosa bateria de 95 kWh. Informações como potência e torque continuam sendo mantidas em segredo, mas a Audi saciou a curiosidade revelando que o modelo será capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 5,5 segundos, podendo chegar aos 200 km/h de velocidade máxima.

Mais que simplesmente desempenho, veículos elétricos precisam entregar um conjunto que seja eficiente. No caso da Audi, foi desenvolvido um novo sistema de regeneração que recupera a energia cinética de frenagens. O calor produzido pelos freios é perdido em modelos apenas a combustão. Em veículos híbridos e elétricos, por outro lado, a energia que seria desperdiçada é reaproveitada para abastecer a bateria.

LEIA MAIS: Honda HR-V é o quarto colocado entre os SUVs compactos na quinzena

A Audi diz que seu novo sistema de regeneração será responsável por 30% da autonomia do novo SUV. Assim como outros dados técnicos, a autonomia também está sendo mantida em segredo. Rumores sugerem que será algo na casa dos 400 km, com carga completa. Em uma estação pública de recarga, o e-tron terá 80% de sua capacidade em apenas 30 minutos.

O novo sistema de tração integral permite que o e-tron transfira o torque entre os eixos em uma fração de segundo, podendo conter o escorregamento de uma das rodas em pouquíssimo tempo. Portanto, o e-tron será eficaz para os proprietários que curtem colocar as rodas na lama durante o fim de semana.

Segredos do SUV elétrico da Audi

Foi adiantado que o SUV trará sete modos de condução, alternando entre eficiente e esportivo. Dependendo da velocidade, ou de como o veículo está sendo guiado, a suspensão do e-tron poderá ajustar a altura em até 7,6 cm. Em um trajeto rodoviário, por exemplo, o e-tron poderá ficar mais baixo para melhorar o coeficiente de arrasto aerodinâmico.

LEIA MAIS: Veja os 5 SUVs médios que menos desvalorizam no primeiro ano

De acordo com a fabricante, o e-tron poderá levar cinco adultos com total conforto e tecnologia. Serão 4,9 metros de comprimento, 1,93 metro de largura e 1,6 metro de altura. Estranhou a ausência de espelhos retrovisores externos? A Audi optou pelo padrão Virtual Mirrors, que consiste em pequenas câmeras que enviam as imagens para telas no habitáculo.

Ao menos nos Estados Unidos, o modelo de entrada Premium Plus partirá de US$ 74.800 (R$ 309 mil, em uma conversão simples). A versão intermediária do SUV elétrico da Audi , Prestige, está precificada em R$ 81.800 (R$ 338 mil), enquanto o modelo mais caro, First Edition equipado com rodas de aro 21 e detalhes de madeira na cabine, parte de US$ 86 mil (R$ 358 mil).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.