Tamanho do texto

Lista tem como base o tempo necessário para acelerar de 0 a 100 km/h, de acordo com números divulgados pelas fabricantes

Entre os SUVs mais lentos à venda atualmente no Brasil, todos contam com câmbio automático e motor 1.6 aspirado
Divulgação
Entre os SUVs mais lentos à venda atualmente no Brasil, todos contam com câmbio automático e motor 1.6 aspirado

O cenário é sempre o mesmo. Você quer ser um pouco mais ágil no trânsito e acaba travado por um SUV andando a 40 km/h na faixa da esquerda. Um dos fatores que mais pesam para quem abre mão do prazer de dirigir de um sedã médio para apostar em um utilitário esportivo compacto é o desempenho.  Os SUVs mais lentos à venda atualmente são carros com motor 1.6 e câmbio automático, conjunto que veio de modelos menores e mais leves. 

LEIA MAIS:  aiba quais são os 5 carros novos mais lentos vendidos hoje em dia no Brasil
Se você faz questão de que seu SUV ainda entregue bom desempenho, terá que apostar em alguns modelos mais caros como Creta Sport, Tracker Premier Turbo e EcoSport Storm. Mas vale ficar atento também nos SUVs mais lentos do mercado, para fugir de qualquer possibilidade de passar maus bocados na estrada. Para montar o ranking, levamos em consideração o tempo para acelerar de 0 a 100 km/h divulgado pelas fabricantes, e não necessariamente na potência do motor. 

5 - JAC T40 CVT - 11,1 segundos

JAC T40 com câmbio automático CVT está entre os SUVs mais lentes à venda hoje em dia no Brasil
Divulgação
JAC T40 com câmbio automático CVT está entre os SUVs mais lentes à venda hoje em dia no Brasil


O JAC T40 está ganhando as ruas das grandes cidades com a vantagem de entregar mais por menos. Quando equipado com motor 1.5 e câmbio manual, o modelo entrega um desempenho satisfatório para garantir ultrapassagens seguras. A situação fica complicada com a versão mais cara, com caixa automática do tipo CVT, combinada ao motor de 1.6 litro de cilindrada.  Com esse conjunto mecânico, o T40 se transforma no mais rápido entre os mais lentos, acelerando de 0 a 100 km/h em 11,1 segundos, de acordo com os números que constam na ficha técnica da JAC Motors. 

Seu motor 1.6 entrega 138 cv e 17,1 kgfm de torque a 4.000 rpm. O câmbio CVT possibilita a simulação de seis marchas. Destacamos o bom pacote de equipamentos, contando sempre com sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, monitoramento da pressão dos pneus e ar-condicionado automático entre os itens de série. 

4 - Peugeot 2008 1.6 AT - 11,9 segundos

Peugeot 2008 com motor 1.5 Flex Start e câmbio automático de seis marchas é outro entre os SUVs mais lentos no Brasil
Divulgação
Peugeot 2008 com motor 1.5 Flex Start e câmbio automático de seis marchas é outro entre os SUVs mais lentos no Brasil

Eis um contraponto ao ágil 2008 equipado com motor turbo flex, que é um dos SUVs mais interessantes de dirigir do mercado. A ovelha negra da família é a versão aspirada, com câmbio automático de seis marchas e potência para acelerar de 0 a 100 km/h em longos 11,9 segundos. Se o desempenho não ee forte das versões aspiradas do modelo da marca francesa, o carro vem bem equipado.

LEIA MAIS: Veja os 10 carros populares mais gastões com etanol, conforme o Inmetro

O Peugeot 2008   tem motor 1.6 aspirado, de 118 cv  e 16,1 kgfm de torque a altos 4.000 rpm. Na versão Griffe, o SUV compacto traz luzes de condução diurna, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e ar-condicionado de duas zonas entre equipamentos que já saem da fábrica em Porto Real (RJ).  


3 - Nissan Kicks 1.6 SL - 12,4 segundos

Nissan Kicks CVT é um carro relativamente leve, mas também figura entre os SUVs mais lentos à venda atualmente
Divulgação
Nissan Kicks CVT é um carro relativamente leve, mas também figura entre os SUVs mais lentos à venda atualmente



Sempre que alguém nos pergunta sobre qual é o melhor SUV manual do mercado, não hesitamos em sugerir a compra do Nissan Kicks . Além de confortável, traz um câmbio muito bem escalonado e com engates precisos.  Mas, para quem faz questão de bom desempenho,  as versões com câmbio aiutomático CVT acabam prejudicando o rendimento. Isso explica os 12,4 segundos que o Kicks leva para sair da imobilidade e atingir 100 km/h.

Em todas as versões, o Kicks virá sempre equipado com motor 1.6, de 138 cv  e 15,5 kgfm de torque a 4.000 rpm, mesmo motor usado no pequeno hatch March. O câmbio CVT também tem a capacidade de simular seis marchas. Nas versões mais bem equipadas, o Kicks traz até mesmo sistema de frenagem de emergência que evita acidentes urbanos entre os itens de série oferecidos pela marca japonesa. 

2 - Renault Captur 1.6 CVT - 13,1 segundos

Renault Captur 1.6 CVT fica como o segundo lugar entre os SUVs mais lentos disponíveis no mercado hoje em dia
divulgação/Renault
Renault Captur 1.6 CVT fica como o segundo lugar entre os SUVs mais lentos disponíveis no mercado hoje em dia

A Renault optou pelo mesmo motor 1.6 SCe das linhas Sandero, Logan e Duster para equipar o Captur. Apesar de ter qualidade e ser relativamente moderno, como bloco e cabeçote de alumínio, duplo comando de válvulas e variador de fase na admissão, sofre para mover o SUV de quase 1.300 kg. Acrescente o câmbio CVT na receita e voilà: longos 13,1 segundos para atingir 100 km/h, conforme os dados da própria Renault. 

O motor entrega 120 cv de potência e 16,2 kgfm a 4.000 rpm. O câmbio CVT simula seis marchas e também é usado nos modelos da Nissan. Além de sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, o Renault Captur também conta com uma boa central multimídia com aplicativo de navegação e até mesmo um "minigame" que ajuda o motorista a dirigir de forma mais econômica.

1 - Chery Tiggo 2 1.5 AT - 15 segundos

O CAOA Chery Tiggo 2 CVT está no topo da lista dos SUVs mais lentos que se pode comprar atualmente no País
Divulgação
O CAOA Chery Tiggo 2 CVT está no topo da lista dos SUVs mais lentos que se pode comprar atualmente no País



O SUV compacto mais lento do Brasil é o Chery Tiggo 2 . Trata-se do primeiro de três novos utilitários esportivos que a Caoa Chery estará apostando no futuro. Depois dele, virão os novos Tiggo 4 e 7, que você poderá conhecer no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, entre os dias 8 e 18 de novembro. De acordo com a marca, o modelo que traz câmbio de apenas quatro marchas vai de 0 a 100 km/h em longos 15 segundos.

LEIA MAIS: Os 5 carros mais caros de consertar, de acordo com o CESVI
O problema não está apenas no câmbio, mas também no motor que rende apenas 115 cv a  e  sofríveis 14,9 kgfm a 2.700 rpm, o que tambeem contribui para o modelo da marca chinesa ser o número um entre os SUVs mais lentos à venda no Brasil hoje em dia.  O TIggo 2 procura compensar a falta de desempenho com um bom pacote de equipamentos, incluindo teto-solar, ar-condicionado, assistente de partida em rampa e faróis com regulagem de altura entre os equipamentos de série.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.